PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Larissa Manoela lembra recusa da Globo: 'Fiz testes que foram frustrantes'

Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

28/03/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Recém-contratada da emissora, atriz se recorda de quando tentou ganhar papéis e diz que foi uma fase importante
  • Ela conta, ainda, que o contrato com a Netflix tem duração de três anos para a realização de três filmes
  • E revela que o SBT ofereceu um programa para que ela apresentasse, mas que sua verdadeira vocação é ser atriz

Aos 19 anos, ela chegou aonde muitos gostariam de estar: no auge da profissão. Contrato de três anos com a Netflix, prestes a começar um trabalho em uma novela da TV Globo, com mais de 30 milhões de seguidores no Instagram, ou seja, um sucesso em tudo o que faz. No entanto, Larissa Manoela, em entrevista exclusiva por vídeo a este colunista, revelou que já recebeu alguns "nãos" de sua nova emissora.

"Fiz testes a minha vida inteira. E, muito antes de a Larissa Manoela ser a Maria Joaquina de 'Carrossel', eu recebi muitos, muitos nãos. Fiz alguns testes na Globo que foram frustrantes. Eu ficava nervosa."

Larissa, que foi descoberta pelo SBT, onde trabalhou durante dez anos, contou que antes de sair da emissora, recebeu a proposta para apresentar um programa. "O SBT sempre deixou muito claro que gostaria de me ver feliz. Fui sincera ao dizer que, tendo um programa, poderia ser que eu não estivesse tão feliz", diz a jovem, que tem como foco manter a carreira de atriz. Ela também contou ter saído da emissora sem se despedir de Silvio Santos: "Fiquei muito sentida".

Leia, abaixo, trechos da entrevista.

Larissa Manoela vai estrear na Globo  - Divulgação
Larissa Manoela vai estrear na Globo
Imagem: Divulgação
Leo Dias - Era necessário ter tido um projeto à sua altura no SBT, um projeto que fosse digno da sua grandeza profissional...

Larissa Manoela - As pessoas ficaram muito surpresas com a notícia da mudança de emissora, e eu venho te dizer que eu estava esperando este momento para contar que recebi, sim, uma proposta muito incrível do SBT. Sou muito grata por tudo o que vivi lá dentro, aprendi demais, conquistei um espaço na dramaturgia muito especial, mas existe um desejo da Larissa de crescer, de evoluir, de estar disponível para novos personagens e novos desafios. Eles me ofereceram um programa.

Eles te ofereceram um programa?

Sim, eles sempre deixaram muito claro que gostariam de me ver feliz. E eu fui sincera ao dizer que, tendo um programa, poderia ser que eu não estivesse tão feliz, porque o que mais me encanta na minha profissão de atriz é dar vida a personagens.

O SBT sempre soube que você tinha conversado com a Globo?

Fui chamada enquanto estava no SBT, porque eu terminei de gravar a novela "As Aventuras de Poliana" em dezembro. Eu aceitei ir até a Globo com os meus pais para conversar sobre uma proposta e avisei o SBT. Eles falaram: 'Perfeito! Não tem problema nenhum você ir até lá e ouvir". Então eu fui ouvir e voltei ao SBT, mas eles não tinham aberto até então para mim o que eles tinham para oferecer.

Um projeto?

Eles falaram que assim que acabasse o meu contrato a gente voltaria a conversar. Isso aconteceu, o meu contrato foi finalizado. Eu fui muito feliz, a minha despedida foi muito especial. A única coisa que eu fiquei sentida foi que eu não consegui me despedir do Silvio [Santos].

Ah, meu amor, ninguém consegue. Eu também não. Você mandou carta?

Não mandei.

Você ligou para a secretária dele? Eu liguei para a secretária dele.

Ah eu não tive nem essa oportunidade, sabe por quê? Eu tinha uma gravação marcada com ele no "Jogo das 3 Pistas" em novembro. Mas infelizmente o Gugu faleceu e tudo isso abalou muito as estruturas ali dentro, principalmente do Silvio. Então ele cancelou algumas gravações. Mas acho que tudo pode acontecer, eu posso voltar lá para um Teleton, para fazer ali a minha volta, pelo carinho.

Não vai faltar oportunidade de um dia você agradecer a ele pelo que fez por você.

Claro, com certeza. Eu fui muito grata por todos estes anos. Eu passei dez anos lá né, Leo? Eu cresci lá dentro.

Você entrou uma pessoa e saiu outra, completamente diferente. Quantas vezes você encontrou com o Silvio? Eu, por exemplo, só encontrei no palco.

Também.

Queria saber sobre esse projeto de programa. Por que você não quer ser apresentadora?

Tive a experiência de apresentar já. Apresentei o "TVZ", no Multishow, quando fui divulgar o lançamento do meu clipe. Gostei muito, a interação é superbacana. E apresentei também Meus Prêmios Nick, mas eu tenho a absoluta certeza de que dentro de um set de gravação, interpretando outros personagens, eu sou mais feliz do que dentro de um estúdio com uma plateia, falando com a câmera e recebendo convidados. Eu acho que a Maisa, minha grande amiga, maravilhosa, que eu admiro muito, tem o domínio completo disso. Acho que isso sempre foi muito claro na minha cabeça e na cabeça dela —inclusive a gente está esperando essa oportunidade da nossa outra empresa, a Netflix, para que juntem a gente em um filme.

Então você tem contrato com a Globo e com a Netflix?

Isso, exatamente.

Quero saber como foi a sua reação quando a Netflix te procurou. Porque deve ser algo surreal. Primeiro porque a Netflix é uma superpotência né? Deve ter vindo com um supersalário. Como é que foi?

A minha ficha não tinha caído até então, porque eu assino Netflix e sou muito fã das séries e dos filmes. Eu maratono todos, inclusive agora, nesta quarentena, o que estou mais fazendo é isso. Na verdade, foi muito inusitado, porque o Leo [Cidade, namorado de Larissa] foi fazer o callback [quando o ator é chamado de volta para a audição] no filme da Maisa, 'Cinderela Pop', e o Adrien [Muselet, diretor de aquisição de conteúdo] estava lá. Ele falou: "Eu não acredito que vocês estão aqui, eu estou tentando esse contato com vocês há muito tempo". E eu assim: "Mãe?". Ele se apresentou e falou que tinha interesse em conversar comigo, que queria me oferecer algo muito bacana.

Você é contratada por quanto tempo no Netflix?

Eu tenho contrato de três anos com eles para filmes.

Mas tem número mínimo de filmes?

Para esse contrato inicial eu tenho três filmes.

A atriz é contratada também para fazer filmes na Netflix - Divulgação
A atriz é contratada também para fazer filmes na Netflix
Imagem: Divulgação

A respeito da sua vida pessoal: os namorados que você leva para a Disney. Você é a menina que não está nem aí para o que as pessoas dizem. Você leva um, dois, três ou quatro namorados para a Disney, você faz até piada sobre isso.

Sim.

Pior seria se escondesse, você está entendendo o que eu estou querendo dizer?

Sim, totalmente, e você sabe que eu aprendi muito com isso. Eu sempre lidei muito bem com as críticas, com os haters, com as pessoas que me criticavam.

Você tem mais haters do que a Maísa, por exemplo.

Tenho. E o que eu aprendi com tudo isso? Eu via comentários na internet e eu falava: "Mas por que estão dizendo isso? Essa piada já não está saturada?". Aí eu usei da minha inteligência para entender que, às vezes, as pessoas que falam mal estão querendo que a gente abrace isso para jogar com elas, sabe? Mas não pago tá? Não pago [viagem do namorado].

Qual é o problema de pagar?

Não tem problema nenhum, existe muito isso tá? Eu divido muito. Eu tive outros [namorados], e o que que eu posso fazer se Orlando, Disney, Mickey, Minnie e sua turma é o meu destino favorito de ir da vida? E eu gosto muito de namorar.

E para muito dos seus namorados é bem difícil ir né? É mais difícil do que para você.

Eu gosto muito de compartilhar o momento que eu tenho com a pessoa que está compartilhando a vida comigo, e é o meu destino preferido. Se é o meu namorado no momento, eu vou levar mesmo.

Se você que está pagando, você não tem que ligar para a opinião do outro.

Exatamente, e eu divido muito isso aqui tá? Aqui em casa não tem isso. A gente sai para jantar, ele paga ou eu pago, ou dividimos a conta. Cada um trabalha, tem seu mérito próprio e é isso, sabe?

Agora eu queria entender uma estratégia que é a seguinte: você estava na Netflix, já contratada, e foi para a Globo.

Você sabe que eu já pisei e trabalhei na Rede Globo, mas muita gente não lembra né, Leo? Eu fiz a minissérie "Dalva e Herivelto", o primeiro capítulo, na cena mais rápida da minha vida, eu acho. Sério!

Mas era contratada por obra.

Foi uma participação muito especial. Para mim, esse momento do convite para ingressar no elenco da Globo foi algo muito especial. Eu fiz testes a minha vida inteira e muito antes de a Larissa Manoela ser a Maria Joaquina —pois Carrossel foi um divisor de águas na minha vida—, eu fiz alguns testes na Globo que foram frustrados. Eu ficava nervosa.

Você foi recusada?

Sim.

Quantos testes?

Eu fiz teste para o filme da Xuxa, fiz teste para "Páginas da Vida", eu fiz alguns testes lá dentro... Fiz testes para a Record.

E também foi recusada?

Poucas pessoas sabem disso, também.

Meu amor, olha, vai ter muita gente sendo demitida hoje hein?

Imagina, jamais. E para mim foi uma grande experiência ter passado por isso quando eu era pequena.

Você acha que os "nãos" fazem parte?

Totalmente, eles me deixaram muito mais forte para não desistir da minha carreira e ir atrás do que eu realmente sonho e do que eu quero.

Então tem a questão emocional: depois de tantos "nãos", agora eu recebi um convite. Não tem como recusar, é isso?

É um pouco disso também. É um prazer chegar lá depois de tudo o que eu construí. Eles estarem reconhecendo.

Se a Globo falasse: "Vamos começar em Malhação". Você faria?

Faria, eu não tenho problema nenhum com isso. Eu era muito fã de "Malhação". Para atores jovens que têm essa vontade de entrar na TV, "Malhação" é muito especial.

Mas a Larissa Manoela já tem um nome, né, amor?

Mas eu faria, eu faria de verdade. E eu estou quase ali, né? Porque a "Malhação" entrega para a novela das seis.

Leo Dias