PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Leo Dias

Por ordem de Silvio Santos, SBT vai ter luta livre antes do 'Fofocalizando'

Silvio Santos - Reprodução/SBT
Silvio Santos Imagem: Reprodução/SBT
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

13/04/2020 13h03

A quarentena de Silvio Santos segue animada. Depois de suspender Marcão do Povo e de inventar um melô para o novo coronavírus, o dono do Baú decidiu fazer uma mudança na programação. A partir de hoje, o "Fofocalizando" é antecedido pela "WWE - Luta Livre na TV". A novidade vai ao ar sempre entre 14h15 e 15h.

O enlatado dos Estados Unidos estreou na noite de sábado, dia 11, e afundou a audiência do SBT. Marcou apenas quatro pontos de média entre 19h20 e 19h45, prejudicando o desempenho do "SBT Brasil", o principal noticiário da emissora.

A Coluna do Leo Dias apurou que a ordem do novo horário do programa de luta livre partiu de uma ligação feita por Silvio Santos para a direção da emissora na manhã desta segunda. E, como sempre, manda quem pode e obedece quem tem juízo.

Os afiliados do SBT já foram comunicados da novidade, que deverá ser exibida para todo o Brasil. O clima na maioria das praças é de indignação, já que a "WWE" ocupará uma faixa horária em que a rede competia pela liderança com programas infantis.

*Com colaboração de Gabriel de Oliveira.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Leo Dias