PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Leo Dias

Final feliz: Hulk Paraíba entra em acordo de partilha de bens com ex-mulher

Iran Angelo e Hulk Paraíba - Reprodução/Instagram
Iran Angelo e Hulk Paraíba Imagem: Reprodução/Instagram
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

13/05/2020 11h45

O que tinha tudo para ser um daqueles processos que duram anos... terminou da melhor maneira. O jogador Hulk Paraíba entrou em acordo de partilha com a ex-mulher, Iran Ângelo, que inicialmente parecia irredutível. Eles se separaram em agosto de 2019, meses antes do jogador iniciar um relacionamento com Camila Ângelo, sobrinha de Iran.

A Coluna do Leo Dias mais uma vez teve acesso exclusivo ao acordo (que está sob segredo de Justiça) e detalha como foi a decisão de ambos. O acordo decide que todos os bens que ele adquiriu durante o casamento com ela serão divididos meio a meio. Além disso, antes da ação de partilha, ele já tinha dado a metade de todo o dinheiro que possuia nas contas dele no Brasil e exterior e mandou os extratos de todas as contas comprovando.

Hulk deixou a ex à vontade para escolher, o que mostra que não há mágoas nem rusgas, pelo menos da parte dele.

Contudo, mesmo com o acordo, Iran quer dar continuidade na ação... isso porque, Iran quer a resposta dos ofícios que solicitou em juízo, sobre o patrimônio do jogador.

Iran estava visivelmente decidida a arrancar tudo o que pudesse de Hulk, no início da ação. Ela enviou oficio a todos os times onde ele atuou, até mesmo o do Japão, que Huck jogou aos 18 anos, antes de conhecê-la. Bancos, empresas patrocinadoras da Copa do Mundo... tudo isso foi acionado por Iran, para saber quanto ele ganhou em cada ocasião.

Cabe ao juiz determinar o prosseguimento ou não da ação, já que foi feito um acordo.

Enfim, quem diria, a paz retorna ao reino de João Pessoa. (será?)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Leo Dias