PUBLICIDADE
Topo

Globoplay reduz qualidade de transmissão e espera que Netflix faça o mesmo

O Globoplay vai abrir para não assinantes todos os capítulos da primeira fase de "Amor de Mãe" - Reprodução / Internet
O Globoplay vai abrir para não assinantes todos os capítulos da primeira fase de "Amor de Mãe" Imagem: Reprodução / Internet
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

22/03/2020 15h30

Em comunicado divulgado neste domingo (22), a Globo anunciou que todos os seus serviços de streaming terão uma limitação na entrega de dados a partir de segunda-feira (23). Trata-se de uma resposta ao aumento do consumo de dados da internet no país nos últimos dias. A causa, como se sabe, é o fato de milhões de pessoas estarem em casa, em quarentena forçada pela pandemia de coronavírus.

"A medida tem como objetivo gerar um perfil de consumo de tráfego mais conservador para evitar um possível colapso da infraestrutura de troca de tráfego público e também garantir uma experiência de qualidade em todas as plataformas", diz a emissora.

Além do Globoplay, a iniciativa atinge também G1, Globoesporte.com, GShow e Globosat Play. "A medida só afeta o tráfego de dados, não havendo limites para a quantidade de vídeos nem para o total de horas consumidas", avisa a empresa. Os perfis de resoluções mais altas como 4K e Full HD (1080p) serão temporariamente suprimidos.

Medidas semelhantes já foram adotadas na Europa. A Netflix, por exemplo, concordou em reduzir a qualidade das suas transmissões nos países da Comunidade Europeia.

Por este motivo, a Globo diz esperar que "seu movimento seja acompanhado por outros provedores de serviços na Internet, especialmente os de streaming".

Questionei a Netflix a respeito na sexta-feira (20) e a resposta foi: "Começamos com a Europa, dadas as preocupações relatadas pelo comissário sobre as redes europeias. Continuaremos a trabalhar com provedores de serviços de Internet e governos de todo o mundo e aplicaremos essas mudanças conforme necessário em outros lugares."

O Globoplay também anunciou que vai oferecer partir desta segunda-feira todos os capítulos da primeira parte de "Amor de Mãe" para não assinantes.

Mauricio Stycer