TV e Famosos

Globo fatura quase "três Record" por ano só com TV paga

Reprodução/CKNW
Canais Globosat já são 2ª maior fonte de renda para Grupo Globo Imagem: Reprodução/CKNW
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

11/02/2016 06h31Atualizada em 11/02/2016 11h21

Única empresa do país a nadar de braçadas na TV por assinatura, a Globo deve fechar este ano com mais de R$ 6 bilhões de faturamento só com seus canais Globosat, segundo dados exclusivos obtidos pelo UOL.

Os mais de 30 canais da Globo presentes na TV fechada devem render pelo menos R$ 3 bilhões só em publicidade ao Grupo Globo em 2016. Outros R$ 3 bilhões virão do valor que as operadoras repassam anualmente à Globo como remuneração por cada canal Globosat incluso em pacotes de assinantes.

R$ 6 bilhões equivalem a seis vezes o que o SBT fatura anualmente, ou três vezes mais do que a Record. São cerca de 12 faturamentos da Band.

O que mais surpreende no valor é que o que o Grupo Globo vem faturando com a TV paga já é praticamente o mesmo que a TV Globo --canal aberto- obtém anualmente.

Além disso, em termos de conteúdo, os canais Globosat já produzem mais programas que a própria Globo.

Muitos programas e artistas Globosat têm participado cada vez com mais frequência de programas da Globo aberta, num sinal de que, cada vez mais, essa fusão deve se aprofundar.

Detalhe: esse valor de R$ 6 bilhões não inclui faturamento com pay per view, Globo Internacional ou tampouco produtos exibidos na TV paga que também são comercializados em DVD.

COMO SE CHEGOU A ISSO

Para obter esse “monopólio” na TV por assinatura do Brasil, a Globo contou com o beneplácito e mesmo o apoio explícito das maiores operadoras, Net e Sky.

É graças a esse apoio que a Globosat coloca vários novos canais todos os anos, absorvidos rapidamente no line-up das operadoras. A Globo não tem a menor dificuldade em lançar canais como Viva, Sportv 3 e 4, canal Bis, Off, +Globosat etc

Até a mesmo a localização dos canais Globosat no line-up costuma ser favorecida. Por exemplo, na Net, os canais mais importantes do grupo sempre estão próximos: canal 39 (SporTV), canal 40 (Globonews), 41 (GNT), 42 (Multishow)... e assim por diante. Não pensem que isso é uma mera coincidência.

O problema é quando outra TV brasileira ou conglomerado internacional tentam entrar no cardápio das operadoras. Há sempre resistência (vide caso Fox Sports ou Esporte Interativo), quando não o veto completo: vide o caso do canal Food Network.

Sim, vocês sabiam que esse canal, que por sinal é muito bacana e tem entre outras estrelas a fofa apresentadora Samantha Brown (ex-Discovery), já está no Brasil há mais de um ano? Só que ele só está disponível em operadoras minúsculas, ou no pacote mais caro da Sky. Já a Net está se fazendo de morta desde que a negociação começou.

Conselho de colunista: pergunte para sua operadora por que você não recebeu até hoje o ótimo Food Network.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo