Topo

Coluna

Ricardo Feltrin

Bocardi identifica vazador de suposto vídeo íntimo; advogados vão agir

Reprodução /TV Globo
Jornalista Rodrigo Bocardi, da Globo Imagem: Reprodução /TV Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

19/02/2018 06h03

Ao menos uma arroba da internet já está no radar dos advogados do jornalista Rodrigo Bocardi, 42, da Globo.

Uma pessoa já foi identificada como tendo sido uma das primeiras “propagadoras” de um vídeo íntimo supostamente feito anos atrás pelo jornalista e âncora do “Bom Dia SP”.

Trata-se de um assessor de imprensa ligado a pessoas de TV, especialmente o SBT, e com mais de 20 mil seguidores no twitter.

Ouvido pela coluna, ele negou o vazamento, mas confirmou ter recebido o vídeo.

“Eu recebi num grupo de WhatsApp e nem repassei”, afirmou por mensagem direta no Twitter.

O vídeo se espalhou no último sábado na internet. Ele foi divulgado nas redes e aplicativos de chat.

Trata-se de um vídeo íntimo em que o protagonista supostamente seria Bocardi. Não é possível fazer essa afirmação, porém.

Por causa do vídeo, o nome do profissional ficou quase 18 horas entre os principais “assuntos” do twitter no Brasil.

A vítima ainda não se manifestou. A coluna está tentando falar com Bocardi, mas até o momento da publicação deste (segundo) texto ainda não conseguiu.

Se ele se manifestar, ou seus advogados, isso será incluído neste texto.

Amigos de Bocardi ouvidos reservadamente acreditam que o vídeo possa ser uma montagem (misturando imagens reais e falsas) para prejudicá-lo.

Um  amigo próximo dele informou à coluna que o jornalista já entrou no próprio sábado em contato com advogados e vai tomar as medidas cabíveis, pois, acredita, trata-se de um caso de “evidente difamação”.

LEIA MAIS

Vídeo íntimo atribuído a Rodrigo Bocardi vaza; âncora contata advogados

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!