Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


"Aventuras de Poliana" segue em queda e já perdeu 25% do ibope

Zé Paulo Cardeal/SBT
A atriz e psicóloga Suzy Camacho participa da novela "As Aventuras de Poliana", do SBT Imagem: Zé Paulo Cardeal/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

30/12/2018 13h14

Muita gente no SBT apostava que a perda de audiência da novela "As Aventuras de Poliana" nos últimos meses se devia ao período eleitoral.

Agora provavelmente terão de arrumar outra justificativa (sugestão: "ah, mas em época de festas de fim de ano a audiência sempre cai")

Seja qual for a desculpa, a verdade é que a novela adaptada por Íris Abravanel perde cada vez mais o fôlego e o público.

Longa, pouco dinâmica, a trama até prometia virar um "arrasa quarteirão" dramático para o SBT, depois de um ótimo começo. 

Em junho, a novela infanto-juvenil marcou 15,2 pontos de média no ibope em SP e 20,7% de share (participação no universo de TVs ligadas).

Já neste mês de dezembro, até o último ida 26, a média de audiência de "Poliana" é de 11,3 pontos e 17,5% de share. Isso representa uma queda acima de 25% em pontos de audiência.

Leia também

"As Aventuras de Poliana" despenca e perde público no país

Caríssimos, produtos da grife "Poliana" já encalham nas lojas

Esses são os dados na Grande São Paulo mensurados pela Kantar Ibope Media. Cada ponto valerá até amanhã (31) por cerca de 72 mil domicílios. Em janeiro passará a valer por 73 mil.]

.Vale acrescentar que a novelinha vem perdendo público em absolutamente todas as faixas etárias e classes sociais.

A previsão inicial era de que "Poliana" tivesse mais de 500 capítulos e que terminasse apenas em 2020. 

Veja mês a mês a "involução" de audiência de"As Aventuras de Poliana".
Em pontos e share (%)

Maio - 14,6 pontos e 19,9%
Junho - 15,2 pontos e 20,7%
Julho - 14,8 pontos e 20,2%
Agosto - 14,5 pontos e 19,7%
Setembro - 13,5 pontos e 18,6%
Outubro - 12,4 pontos e 17,0%
Novembro - 12,3 pontos e 17,2%
Dezembro* - 11,3 pontos e 17,5%

Colunista Ricardo Feltrin no TwitterFacebook e site Ooops