Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Globo agradece e se desculpa com elenco de "O Sétimo Guardião"

Lilia Cabral e os amigos do elenco de "O Sétimo Guardião" - Reprodução/Instagram/@lilia_cabral
Lilia Cabral e os amigos do elenco de "O Sétimo Guardião" Imagem: Reprodução/Instagram/@lilia_cabral
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

14/03/2019 13h23

A Globo realizou ontem uma reunião com parte do elenco de "O Sétimo Guardião". Segundo a coluna apurou, participaram Tony Ramos, Lilia Cabral, Marina Ruy Barbosa, José Loreto, Carolina Dieckmann, Flavia Alessandra e Milhem Cortaz, entre outros artistas.

Comandaram a reunião os diretores Silvio de Abreu, Monica Albuquerque e Rogério Gomes, o Papinha. O autor, Aguinaldo Silva, não foi convidado.

Para os presentes, o clima da reunião foi leve e bastante positivo.

Serviu como uma espécie de agradecimento e pedido de desculpas da Globo a todo o elenco, que foi bastante elogiado por seu empenho diante de um trabalho com tantos "percalços" (palavra usada ontem).

Entre os problemas na novela houve uma crise entre protagonistas (Loreto e Marina), a morte de um figurante durante uma gravação, atrasos e mudanças repentinas na trama; e internação e afastamento de um ator (Bruno Gagliasso) por causa de uma cirurgia.

A direção da Globo disse que compreendia que muitos ali na sala (e fora dela) estavam muito frustrados com os rumos de seus personagens na trama; que quase todos passaram quase um ano "presos" à produção da novela e que era "perfeitamente compreensível" que houvesse insatisfação.

O autor virou vilão

Sobraram críticas (poucas diretas e muitas indiretas) para o não presente autor da trama, Aguinaldo Silva.

Entre outras, que ele teria ignorado pedidos da emissora para que desenvolvesse personagens mais bem avaliados nas pesquisas internas; que a novela estourou o orçamento devido ao excesso de gravações externas, numa velada alusão às exigências do autor, que teria descumprido o chamado padrão "70% estúdio 30% externas".

Apesar disso foi reiterado por Abreu. Albuquerque e Papinha que o elenco em si atingiu plenamente os objetivos da emissora, e que ela estava agradecida com o profissionalismo de todos.

Em termos de audiência, a emissora também disse que a novela atendeu às metas previstas para os tempos atuais.

Outro lado autor

A coluna enviou mensagem a Aguinaldo Silva, para que comentasse a situação. Ele informou que por questões contratuais não poderia emitir opiniões sobre assuntos internos da emissora na qual trabalha há 40 anos.

Outro lado Globo

Em nota oficial enviada nesta sexta-feira, a Globo respondeu o seguinte sobre as informações acima publicadas:

"Não é verdade que foi feita uma reunião para falar sobre o texto da novela. Como costuma ocorrer em reta final de gravação de uma obra ou em períodos em que, por diferentes circunstâncias, há um ritmo mais intenso, os diretores da novela, Rogério Gomes e Allan Fiterman, se reuniram com o elenco de 'O Sétimo Guardião', acompanhados da direção da DAA, para agradecer o empenho, o compromisso e a disponibilidade de todos e discutir as medidas de produção cabíveis para aliviar as rotinas de trabalho."

Colunista Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops