Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


TV paga tem "boom" de canais de bichos, de natureza e de bem-estar

Macaco observa câmera-espiã em "Espiões da Natureza", no Animal Planet - Divulgação/Discovery Channel
Macaco observa câmera-espiã em "Espiões da Natureza", no Animal Planet Imagem: Divulgação/Discovery Channel
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

28/05/2019 09h45

Somente neste ano algumas operadoras de TV paga vão registrar a estreia de até quatro canais dedicados a temas "fofos" (como bichos), contemplativos (da natureza) e de bem-estar e de estilo de vida.

Três já estrearam: a DogTV (canal feito supostamente para atrair atenção de bichos domésticos, mas que "hipnotiza" humanos também); o Love Nature (sobre animais e natureza); e o Smithsonian Channel, em parceria com a Band, que se dedica não só à história, história natural e conhecimento, mas também às belezas da natureza nos cinco continentes.

Até o fim de ano um quarto canal deve estrear: o HGTV, do Discovery.

Ele pode ser considerado um "braço" do Home & Health, hoje um dos produtos de maior sucesso do grupo Discovery, com mais ibope até que o próprio canal-mãe, o Discovery Channel.

Nos EUA o HGTV é um dos 10 canais mais sintonizados. Assim como o H&H, também se dedica ao bem-estar e à realização de sonhos pessoais. Entre os programas que vão abrir o canal no Brasil estão "A Sonhada Casa no Lago" e "Tendas Modernas", entre outros.

Além desses já há outros dois canais de "fofuras" à disposição de quem paga pacotes medianos a elevados da TV por assinatura, como o Animal Planet e o NatGeo Wild.

O primeiro tem sucessos da "fofice" como "Vida Selvagem: Filhotes", "Aprendiz Animal", "SOS Vet" (que mostram profissionais que se dedicam a cuidar de bichos na natureza); "Espiões da Natureza" (bastidores de como as equipes conseguem gravar os bichos em seus habitats naturais) e "O Incrível Mundo Animal".

Já o NatGeo Wild chega a rivalizar com o Animal Planet em temas fofinhos, como "Top 10 Filhotes Selvagens"; "Loucuras Animais" (geralmente bichos selvagens "aprontando" nas ruas dos centros urbanos); "Os Animais Mais Fofos do Mundo" (nem é preciso descrever); e "Meu Cachorro Comeu o Quê", sobre pets curiosos ou esganados, que engolem coisas que não deviam, para desespero dos seus donos.

Dos canais citados, o DogTV teve pode ser sintonizado na Net no canal 559. Seguem Animal Planet (582), Love Nature (589), Smithsonian (590) e NatGeo Wild (591). Para os assinantes mais abonados, ainda há canais semelhantes "premium", como o Discovery Theater (592) e Discovery World (593).

Como se vê (sem trocadilho), nem só notícias ruins e programas chatos habitam a TV por assinatura.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops