PUBLICIDADE
Topo

GloboNews e BandNews perdem ibope e público em 2019

Apresentadora da GloboNews Maria Beltrão - Reprodução/GloboNews
Apresentadora da GloboNews Maria Beltrão Imagem: Reprodução/GloboNews
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

07/12/2019 08h01

Resumo da notícia

  • GloboNews vem perdendo público em 2019
  • O mesmo está ocorrendo com o canal Bandnews
  • Ibope da RecordNews, porém, cresceu um pouco

Na comparação de janeiro a novembro de 2018 e de 2019, as notícias não são boas para as duas principais TVs jornalísticas: GloboNews e Bandnews perderam público e pontos de audiência.

É o que mostram dados Kantar Ibope Media obtidos pela coluna com exclusividade.

Claro que vários fatores a analisar (veja últimos parágrafos deste texto), mas comecemos pelos números.

Na comparação ano a ano, a GloboNews caiu 10%, e a Bandnews perdeu 7% do ibope nas 15 maiores regiões metropolitanas do país (horário das 7h à 0h).

A única que apresentou algum crescimento é justamente aquela que é UHF não está no pacote básico da principal operadora, a Claro Net: a RecordNews.

Bem, mas isso tudo é a média anual.

Se compararmos o último quadrimestre a queda de GloboNews e da Bandnews é muito mais acentuada. Senão vejamos.

Entre agosto e novembro de 2018 a GloboNews marcou no chamado PNT (Painel Nacional de Televisão, a medição mais abrangente da Kantar Media) 0,12 ponto (Cada ponto = 240 mil domicílios).

Esse índice de agosto a novembro de 2019 caiu para 0,08. A GloboNews passou de uma média de 84.040 espectadores por minuto para 57.440 espectadores por minuto.

Ou seja, uma queda estimada de 33% no comparativo de quadrimestre

Já a Bandnews caiu de 0,03 ponto no quadrimestre em 2018 para 0,02. Caiu de 24 mil telespectadores por minuto para 15.980/minuto (-33% também).

Por outro lado, a pequena e pouco divulgada RecordNews, que não é uma TV paga, e sim UHF, cresceu de 0,06 ponto para 0,07 ponto. Ou seja + 17%.

Na comparação entre quadrimestres 2018 e 2019, a GloboNews passou de um alcance de 18.474.530 telespectadores para 14.559.540 telespectadores.

A Band caiu de 12.287.310 telespectadores para 10.436.040.

E a RecordNews também caiu nesse quadrimestre: de um alcance de 26.546.440 telespectadores para 23.715.930,

É nesse cenário de perda de público por parte das TVs noticiosas que chega ao país a CNN Brasil, com estreia prevista para março de 2020.

Adendos

Impossível não destacar que 2018 tivemos eleições e Copa do Mundo, que definitivamente acrescentam público diante das TVs —inclusive as pagas.

Há que se lembrar também que a TV por assinatura como um todo perdeu cerca de 20% de sua base de assinantes nos últimos cinco anos.

Por fim, apesar de ter registrado perda de público, a GloboNews permanece como a 7ª emissora paga mais vista no ranking, nos dois períodos analisados 2018 e 2019.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin