PUBLICIDADE
Topo

Assessoria de Eduardo Costa nega doação de R$ 2,5 milhões

O cantor mineiro Eduardo Costa está envolvido em nova polêmica -  Reprodução
O cantor mineiro Eduardo Costa está envolvido em nova polêmica Imagem: Reprodução
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

27/03/2020 11h52

Resumo da notícia

  • Staff do cantor nega que ela tenha ou vá doar R$ 2,5 ao SUS do próprio bolso
  • No entanto o cantor afirma a esta coluna que fez, sim, uma doação com empresários
  • A doação, diz, foi para a compra de respiradores; ele não quis revelar o valor doado

Apenas mais uma "fake news", um mal-entendido ou putra bazófia do artista? Não importa. O fato é que o cantor e compositor Eduardo Costa não doou e tampouco doará R$ 2,5 milhões de seu bolso para o SUS (Sistema Único de Saúde), devido à pandemia de coronavírus.

Quem garantiu isso à coluna nesta sexta (27) —oficialmente— foi a assessoria de imprensa do cantor.

Segundo a assessoria, Costa, 40 anos, decidiu mobilizar empresários para ajudar na compra de respiradores e "jamais" declarou que doaria de seu próprio bolso tal montante.

Em nota enviada à coluna, o cantor declarou que fez, sim, uma doação para compra de respiradores, mas que não revelará o valor.

"A compra de respiradores foi feita com investimento próprio e de alguns empresários. O valor não será divulgado porque eu e meus parceiros não buscamos promoção, só estamos tentando ajudar pessoas", afirmou Costa.

Ele disse aguardar a chegada dos equipamentos para que sejam destinados aos locais apropriados.

Apesar da declaração, sabe-se que o maior problema do mundo no momento, em relação à pandemia, é justamente a falta de respiradores. Não há número suficiente em nenhum país do mundo sofrendo pico da doença, como EUA. Muito menos no Brasil.

"Hipócritas"

Como esta coluna antecipou, o artista se envolveu em mais uma polêmica anteontem, depois de postar um vídeo criticando artistas e apresentadores de TV que foram às redes sociais "bater palminha para funcionários da saúde".

Entre os alvos do cantor estavam Luciano Huck e Rodrigo Faro. "Hipócritas", declarou.

"Luciano Huck, Rodrigo Faro, outros apresentadores aí... Tem outros, [mas] tô falando os que eu vi aqui. Faro é meu amigo, mas vou falar pra vocês: não vamos ser hipócritas, não, gente. Quem quiser reconhecer o valor dessas pessoas faz uma campanha em todo Brasil para melhorar o salário delas, pra trazer uma vida digna", disse.

Costa foi aplaudido por boa parte dos internautas, que elogiaram sua suposta atitude de doar R$ 2,5 milhões à Saúde.

No entanto, a doação individual nunca aconteceu e não vai acontecer.

Celebridades como Antonia Fontenelle já duvidavam da doação, como informou o colunista Leo Dias, do UOL.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

Ricardo Feltrin