TV e Famosos

Corpo do neto de Chico Anysio será cremado neste sábado

Reprodução/Facebook/brita.brazil
Rian Brito e sua mãe, Brita Brazil Imagem: Reprodução/Facebook/brita.brazil

Do UOL, em São Paulo

04/03/2016 11h51

O corpo de Rian Brito, neto de Chico Anysio, que estava desaparecido desde o último dia 23 e teve o corpo encontrado na manhã desta quinta-feira (3), na Praia do Valão, na Reserva de Jurubatiba, em Quissamã, no norte fluminense, será cremado neste sábado, no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju. A mãe de Rian, Marcia Brita Brazil, informou em sua página do Facebook que a cerimônia precisou ser adiada e que ainda não tem horário definido. 

"Peço com amor a todos que não conhecemos pessoalmente, que entendam que o lugar é pequeno e só poderemos receber a família e amigos pessoais. Peço a imprensa que nos deixe só. Obrigada", escreveu ela. Nesta sexta, a polícia informou que a causa da morte foi por asfixia por afogamento e que Rian estava de jejum. 

Marcia e Nizo Neto, filho do humorista Chico Anysio, estiveram no IML de Macaé (RJ) para fazer o reconhecimento do corpo que, segundo o tenente Amaro Garcias, coordenador da Defesa Civil de Quissamã, estava com a pulseira, cordão e a bermuda que o filho usava quando desapareceu. De acordo com a Polícia Civil, o corpo foi identificado por impressão digital.

Às 18h20 de quinta, um carro funerário deixou o IML com rumo ao Rio de Janeiro. Dez minutos depois, a família deixou o local sem falar com a imprensa. De acordo com o tenente Garcias, o corpo estava a 25 km de onde foram encontrados documentos pessoais, um cartão bancário, uma camisa e os chinelos de Rian, no dia 28, na Praia do Paulista. Segundo a delegada de Polícia Elen Souto, titular da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), uma perícia foi realizada no local antes do encaminhamento do corpo ao IML de Macaé para necropsia e identificação.

Ao UOL, o tenente Garcias disse que o corpo de Rian foi encontrado por um pescador e um guarda municipal, que passaram a informação para a Defesa Civil. "Fomos até o local, uma área de difícil acesso. O corpo está em decomposição, provavelmente foi jogado do mar para a mata. Eu queria achar ele com vida, estou com 36 anos de bombeiro e a gente se emociona pelo drama dos pais. Nós levamos a mãe até o local onde achamos os pertences dele esta semana e isso é muito triste," declarou.

Rian Brito de Oliveira de Paula tinha 25 anos, cursava Produção Musical em uma faculdade particular do Rio e desapareceu após ter sido deixado pela mãe em uma autoescola no bairro de São Conrado, zona sul do Rio de Janeiro. No domingo (29), a Polícia Civil divulgou imagens que mostravam Rian entrando num táxi na porta de um shopping no mesmo bairro. Na quarta-feira, Nizo contou em seu Facebook que câmeras registraram o rapaz sozinho, pegando sozinho na rodoviária do Rio um ônibus para Quissamã, na noite do dia 23.

 

CREMATORIO ADIADO:O crematório será adiado para amanhã, sem horário ainda definido.Peço com amor a todos que não...

Publicado por BRita BRazil em Sexta, 4 de março de 2016

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo