TV e Famosos

Amber Heard acusa Johnny Depp de violência doméstica

Do UOL, em São Paulo

27/05/2016 14h22Atualizada em 27/05/2016 21h26

Depois de entrar com o pedido de divórcio, Amber Heard está acusando Johnny Depp de violência doméstica. "Não foi um evento isolado", disse uma fonte à revista "People" nesta sexta-feira (27). 

Amber entrou na Justiça pedindo ordem de restrição contra o ator. O juiz concedeu a ordem, determinando que Johnny fique pelo menos 91 metros de distância de Amber, até a audiência que será em junho. Além disso, o juiz também deu a Amber o direito de viver na casa do casal.

O ator está viajando pela Europa para promover seu filme "Alice Através de Espelho". Nesta sexta, Depp se apresenta com a banda Hollywood Vampires no Rock in Rio Lisboa. Durante a tarde, ele participou de um evento de caridade na capital portuguesa em que distribuiu aparelhos auditivos para idosos.

Em documentos enviados ao Tribunal de Los Angeles, o advogado de Depp diz que a acusação de violência doméstica é uma tentativa de Amber de conseguir um rápido acordo financeiro. Ela estaria pedindo uma pensão de U$ 50.000 por mês.

Agressão com celular

A agressão teria acontecido no sábado à noite e uma foto foi tirada logo após o suposto ataque do ator, segundo informou a advogada de Heard ao site TMZ. A atriz alega que Depp atirou o celular em seu rosto. A imagem divulgada pela atriz mostra um ferimento abaixo do seu olho direito.

Em um momento de fúria, o ator teria quebrado vários objetos no apartamento onde o casal mora. Amber explicou ao TMZ que estava no celular conversando com uma amiga durante a briga. Depp, então, tirou o aparelho de sua mão e ela gritou a sua amiga que chamasse a polícia. 
 
Amber disse que Depp já havia deixado a residência quando as autoridades chegaram ao local. Ao se dar conta do que havia provocado, Heard afirma que Depp ofereceu dinheiro a ela para mantê-la em silêncio - no entanto, sua primeira atitude foi pedir o divórcio na segunda-feira pela manhã. Ela também garante ter um vídeo que comprova o comportamento agressivo do marido.
 
Na quinta, Depp falou, por meio de seu assessor, pela primeira vez sobre a separação.
 
"Dada a rapidez desse casamento e a recente perda de sua mãe, Johnny não vai responder nada sobre fofocas e histórias falsas sobre sua vida pessoal. Esperamos que o término desse casamento seja resolvido logo", afirmou o representante do ator. 
 
A atriz alegou "diferenças irreconciliáveis" no pedido de divórcio. Depp, de 52 anos, e Heard, de 30, se conheceram durante a filmagem de "Diário de um Jornalista Bêbado" (2011) e ficaram noivos em 2014, apesar de vários rumores sobre problemas em sua relação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo