TV e Famosos

Marion Cottilard anuncia gravidez e fala sobre fim de Brad e Angelina

Paramount Pictures via AP
Marion Cottilard contracena com Brad Pitt em "Aliados" Imagem: Paramount Pictures via AP

Do UOL, em São Paulo

21/09/2016 21h39

Apontada por tabloides como um dos motivos da separação de Brad Pitt e Angelina Jolie, a atriz Marion Cottlard anunciou nesta quarta-feira (21) que espera o segundo filho com o namorado, Guillaume Canet, e comentou o divórcio dos atores.

No texto, que ela afirma ser o "primeiro e único" pronunciamento sobre o assunto, ela diz que não costuma comentar "esse tipo de coisas nem levá-las a sério", mas decidiu falar porque a situação estava afetando pessoas que ela ama.

"Em primeiro lugar, muitos anos atrás, eu conheci o homem da minha vida, pai do nosso filho e do bebê que eu estou esperando. Ele é o meu amor, o meu melhor amigo, o único que eu preciso", escreveu a atriz, que contracena com Pitt no filme "Aliados" (2016).

"Em segundo lugar, àqueles que têm sugerido que estou arrasada, eu estou muito bem, obrigada. Essa conversa fabricada não é angustiante. E a todos os meios de comunicação e os inimigos que são rápidos para julgar, eu sinceramente desejo-lhe uma rápida recuperação. Finalmente, eu desejo que Angelina e Brad, a quem eu respeito profundamente, encontrem paz neste momento muito tumultuado", completou Marion.

Angelina pediu divórcio

Após mais de dez anos de relacionamento, a atriz Angelina Jolie pediu divórcio de Brad Pitt. De acordo com o site TMZ, o motivo foi uma divergência em relação aos seis filhos do casal -- Maddox, 15, Pax, 12, Zahara, 11, Shiloh, 10, e os gêmeos Knox Leon e Vivienne Marcheline, 8. A publicação citou uma fonte próxima ao casal que informou que Jolie estava “extremamente chateada” com a forma como Pitt cuidava dos filhos.

Outra fonte ouvida pelo TMZ afirmou que Jolie sentia que Pitt podia representar um risco às crianças, por abusar da maconha e do álcool e ter problemas para lidar com a raiva.

A atriz deu entrada no pedido de divórcio na última segunda-feira (19), alegando “diferenças irreconciliáveis”. De acordo com o tabloide "New York Post", Angelina Jolie teria contratado um detetive particular para investigar uma traição de Brad Pitt com Marion Cotillard.

Nos papéis do processo, a data da separação está listada como 15 de setembro deste ano. Jolie não está pedindo pensão. Ela é representada por Laura Wessler, famosa advogada de divórcios nos Estados Unidos. Ela também representou a atriz em sua separação de Billy Bob Thorton.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo