Globo de Ouro

Canal de TV mais indicado, HBO não leva nenhum prêmio no Globo de Ouro

Do UOL, em São Paulo

09/01/2017 03h12

A HBO saiu de mãos abanando do Globo de Ouro 2017, que aconteceu neste domingo (23). Com 14 indicações, a emissora foi a mais lembrada nas categorias de TV da premiação, mas não conseguiu emplacar nenhum prêmio.

“Game of Thrones”, em particular, é esnobado há tempos pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood. A série ficou dois anos sem ser indicada (2013 e 2014), e só levou um troféu: o de melhor ator coadjuvante para Peter Dinklage, o anão Tyrion, em 2012.

Maior aposta da emissora em 2016, “Westworld” acabou ofuscada por “The Crown”, da Netflix, nas categorias de melhor série dramática e melhor atriz em série dramática. As chances da produção eram mais fortes na disputa de atriz coadjuvante, mas Thandie Newton, a favorita, acabou perdendo para Olivia Colman, de “The Night Manager”.

A elogiada “The Night Of” e os filmes originais “All The Way” e “Confirmation” também ficaram à sombra da concorrência: os prêmios das categorias de minisséries/filmes para a TV foram dominados por “American Crime Story: The People vs O.J. Simpson” e “The Night Manager”.

Nesta edição do Globo de Ouro, o FX foi o canal mais vitorioso, com 4 prêmios. Ele foi seguido de perto pelo AMC, com três.

A situação da HBO é bem diferente da ocorrida nos Emmys. No evento da Academia de Televisão, “Game of Thrones” bateu recorde e se tornou a série mais premiada da história. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Entretenimento
TV e Famosos
Maurício Stycer
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
TV e Famosos
do UOL
Cinema
do UOL
UOL Entretenimento
TV e Famosos
do UOL
do UOL
Maurício Stycer
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
UOL Cinema
UOL Cinema - EFE
AFP
UOL Cinema
UOL Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema
do UOL

do UOL

"Fargo" e "True Detective" lideram disputa de TV ao Globo de Ouro 2015

"Fargo" e "True Detective" lideram a disputa aos prêmios de TV do Globo de Ouro 2015, com cinco e quatro indicações, respectivamente. Os concorrentes da premiação foram anunciados nesta quinta-feira (11) , pelos atores Kate Beckinsale, Peter Krause, Paula Patton e Jeremy Piven. Nas categorias de cinema, "Boyhood", "Birdman" e "The Imitation Game" se destacaram. Destaques da premiação, "Fargo" e "True Detective" concorrem ao prêmio de melhor minissérie ou filme para a TV. E os dois programas conquistaram duas indicações cada para seus protagonistas na categoria de melhor ator em minissérie: Martin Freeman e Billy Bob Thorton concorrem por "Fargo", enquanto Matthew McConaughey e Woody Harrelson disputam por "True Detective". Esta edição do Globo de Ouro reconheceu várias atrações que estrearam nos Estados Unidos neste ano, como é o caso não só de "Fargo" e True Detective", mas também de "The Affair", "Jane the Virgin", "Transparent", "The Missing" e "How To Get Away With Murder". Não à toa, vários queridinhos da premiação ficaram de fora, como "The Big Bang Theory", "Modern Family" e "Mad Men". Surpreendeu a ausência da minissérie britânica "Sherlock" e de seu protagonista, Benedict Cumberbatch. O programa levou vários prêmios Emmy neste ano, incluindo o de melhor ator para Cumberbatch, e está entre os indicados ao SAG 2015.  O Netflix se saiu bem na disputa, com seis indicações no total, sendo três para "House of Cards" e três para "Orange Is The New Black", que havia recebido apenas uma indicação no ano anterior. No Globo de Ouro 2014, a série "Breaking Bad" e o telefime "Behind The Candelabra" se destacaram, com dois prêmios cada. A 72ª edição da premiação acontecerá no dia 11 de janeiro. A cerimônia será apresentada pelas atrizes Tina Fey e Amy Poehler, pela terceira vez consecutiva.

do UOL
UOL Cinema - EFE
Topo