TV e Famosos

Netflix anuncia a produção de nova série brasileira, a comédia "Samantha!"

Henrique Manreza/Divulgação
Reed Hastings, CEO e co-fundador da Netflix, dá palestra sobre a empresa em São Paulo Imagem: Henrique Manreza/Divulgação

Maurício Stycer

Colunista do UOL

07/02/2017 10h30

Em encontro com jornalistas em São Paulo nesta terça-feira (7), Reed Hastings, CEO da Netflix, anunciou que a empresa vai produzir uma nova série no Brasil, intitulada “Samantha!”. Nas palavras do executivo, "é uma comédia protagonizada por uma atriz-mirim, que já viveu dias melhores, e ao chegar aos seus 20 anos ela se casa com um jogador de futebol, que passou dez anos na prisão". 

“É o tipo de série que todo mundo no Brasil vai gostar, mas também vai espalhar a cultura brasileira pelo mundo”, afirmou Hashtings.
 
A série será produzida pela Losbragas, produtora fundada, entre outros, pela atriz Alice Braga. A Netflix informou apenas que a produção começará ainda este ano, mas não deu mais informações a respeito.
 
Hastings falou, também, sobre o bom desemprenho internacional de “3%”, a sua primeira experiência no Brasil. “A série ‘3%’ é muito popular no Brasil, o que era esperado. Mas também faz muito sucesso nos EUA e Europa. Porque trata de temas humanos: desigualdade, competição... Vamos produzir mais e mais conteúdo no Brasil para dividir com o mundo.”
 
"3%", foi lançada no final de 2016 e teve sua renovação anunciada pouco depois. A Netflix também está trabalhando em uma série sobre as investigações da Operação Lava Jato, que será comandada por José Padilha, diretor de "Tropa de Elite" e "Narcos". 
 
Além de produzir conteúdo próprio, a Netflix também licencia os direitos de exibição de programas de TV e filmes exibidos por terceiros. No Brasil, a única rede que não licencia seus programas para a empresa americana é a Globo.
 
Questionado pelo UOL se tem negócios em andamento com redes de TV brasileiras, Hastings disse que não. ““Há duas maneiras como trabalhamos com redes de TV locais. Licenciando conteúdo de ‘segunda janela’, para exibição algum tempo depois que foi exibido originalmente, e com empresas de produção, que nos oferecem projetos.  Não tenho nenhum comentário específico sobre isso. A não ser que estamos abertos para licenciar séries, não só para o Brasil, mas para todo o mundo”. Uma assistente sua complementou: “Licenciamos conteúdo da Band, RedeTV!, SBT e Record”, informou.
 
Em janeiro, o colunista do UOL Ricardo Feltrin noticiou que a Simba, empresa formada pelas três emissoras, havia iniciado negociações com a Netflix. 
 
Hastings contou que jantou no DOM na noite de segunda-feira (6). “O restaurante apareceu no “Chef´s Table” (uma série da Netflix sobre grandes cozinheiros). E aí veio o chef (Alex Atala), com as suas tatuagens e eu o reconheci. E ele me diz: ‘Chef´s Table’ mudou a minha vida. É incrível o que a Netflix fez pela divulgação mundial do meu restaurante’. É um grande símbolo do que a Netflix está fazendo”, concluiu o empresário americano. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo