Topo

Televisão

Funcionárias da Globo fazem ato em apoio à figurinista que relatou assédio

Arquivo pessoal
Funcionárias da Globo fazem ato em apoio a figurinista que denunciou assédio de José Mayer Imagem: Arquivo pessoal

Do UOL, no Rio

04/04/2017 12h15

Um protesto contra o assédio está acontecendo nesta terça-feira (4) nas dependências da TV Globo. O ato vem após a denúncia de uma figurinista contra o ator José Mayer, na última sexta-feira. Em carta aberta divulgada nesta terça-feira Mayer admite ter errado.

Funcionárias foram ao trabalho nos Estúdios Globo, nova denominação do Projac, no Rio de Janeiro, com uma camiseta com os dizeres: Mexeu com uma, mexeu com todas. Nas redes sociais, atrizes do primeiro escalão, como Sophie Charlotte e Taís Araújo, postaram fotos com a mesma frase.

Chama a atenção o fato de Taís já ter feito par com Mayer em "Viver a Vida", de 2009. Deborah Secco, outra atriz que foi par do ator, curtiu a foto de Drica Moraes e postou imagem da campanha. A figurinista Cláudia Kopke e as atrizes Luisa Arraes, Cris Vianna e Mariana Xavier também publicaram selfies com a camiseta.

Grazi Massafera, que trabalhou com Mayer em "A Lei do Amor", Camila Pitanga, Cleo Pires, Leandra Leal, Débora Falabella, Maria Casadevall e Dira Paes endossaram a campanha publicamente. 

Segundo o UOL apurou, a cúpula da emissora é favorável ao protesto e estuda rescindir o contrato com Mayer. Na segunda-feira, depois de um diz-que-diz sobre a permanência de Mayer no elenco da próxima novela de Aguinaldo Silva, a emissora confirmou que ele está fora do elenco.
 
"No que diz respeito à escalação, sim, a Globo decidiu não escalar José Mayer para a próxima novela das nove de Aguinaldo Silva, prevista para ir ao ar em 2018. Essa é uma atitude isenta e responsável da Globo de não dar visibilidade a uma das partes envolvidas numa questão que é visceralmente contra tudo que a Globo acredita. E não é uma atitude isolada. A atitude da Globo será sempre essa. A de defender que casos como esse devem ser apurados, ouvindo e oferecendo todo apoio às duas partes, dando possibilidade para que a verdade aflore e criando condições para que não se repitam. Foi isso que fizemos. E é isso que sempre faremos."

De acordo com o colunista do UOL Maurício Stycer, o afastamento de Mayer ocorreu depois que funcionários organizaram um encontro para discutir o assunto no final de semana. Também houve, na segunda-feira, uma reunião extraordinária nos Estúdios Globo com os principais líderes da área de Entretenimento para uma conversa classificada como “franca e aberta” sobre o caso.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!