Famosos

"Não machuquei ninguém", diz Victor Chaves após ser indiciado por agressão

Divulgação/TV Globo Reprodução/Instagram/victorchaves
Victor Chaves foi indiciado nesta terça-feira (4) Imagem: Divulgação/TV Globo Reprodução/Instagram/victorchaves

Do UOL, em São Paulo

04/04/2017 16h37

Após ser indiciado por agressão contra a sua mulher grávida, Victor Chaves publicou um vídeo dando a sua versão dos fatos.

"Venho a público para esclarecer uma coisa que diante da qual surgiram e surgem incontáveis boatos. Eu fui indiciado legalmente por vias de fato, contravenção, ou seja, não machuquei ninguém. O que pratiquei foi um ato de desespero para conter uma pessoa que estava totalmente fora de si para pegar uma criança de um ano e pela minha filha o que eu fiz eu faria de novo, então tudo está sendo apurado devidamente", disse em um vídeo postado em seu perfil no Instagram.

A Polícia Civil de Minas Gerais encaminhou á Justiça nesta terça-feira (04) pedido de indiciamento do cantor Victor Chaves, 41, da dupla sertaneja Victor & Léo, por agressão. O indiciamento tem com base o artigo 21 da Lei 3.688/41, aplicada quando o acusado chega às “vias de fato” contra a vítima. Caso seja condenado, o sertanejo poderá ser preso por prazo entre 15 dias e três meses, além do pagamento de multa.

Em fevereiro, a mulher do sertanejo, Poliana Bagatini Chaves, 29, que está grávida do segundo filho com Victor, prestou queixa em uma delegacia de Belo Horizonte, acusando o marido de tê-la agredido com chutes e socos.

De acordo com a polícia, que informou que não dará maiores detalhes do caso, o laudo pericial que revisou as imagens de segurança do prédio onde teria ocorrido o caso, além do depoimento de Poliana Chaves, foram determinantes para o pedido de indiciamento.

Entenda

Grávida de quatro meses, Poliana Bagatini registrou um boletim de ocorrência acusando Victor de jogá-la no chão e chutá-la várias vezes, em fevereiro.

Em entrevista ao “Fantástico”, Victor se pronunciou pela primeira vez sobre o caso e negou as acusações de agressão. "Eu jamais agrediria alguém na minha vida, muito menos a minha esposa, que está grávida do João”, afirmou.

A Delegacia Especializada de Proteção à Mulher de Belo Horizonte abriu inquérito para apurar o caso. O laudo do IML (Instituto Médico Legal) para lesão corporal deu resultado negativo, mas ainda não foi considerado conclusivo pela delegada Danúbia Quadros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
UOL Estilo
Topo