Topo

Famosos

Relembre idas e vindas do casal Bruna Marquezine e Neymar Jr.

Reprodução/Instagram
Neymar e Bruna Marquezine Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, no Rio

22/06/2017 16h52

A internet surtou com a notícia da então suposta separação do casal #Brumar nesta quinta-feira (21), divulgada pelo colunista Leo Dias, no programa "Fofocalizando", do SBT, e que veio a ser confirmada pelo craque em leilão beneficente. Segundo o UOL apurou, eles estavam estremecidos após um pedido de casamento feito por ele.

Mas o histórico do relacionamento de Bruna Marquezine e Neymar Jr. deixa no ar a possibilidade de o término não ser definitivo. Eles já se separaram outras duas vezes desde o início do namoro, em 2013.

A atriz e o jogador assumiram a relação durante o Carnaval naquele ano e ficaram juntos pouco mais de um ano. O primeiro término aconteceu em fevereiro de 2014, e o período em que ficaram afastados durou alguns meses: em maio, os pombinhos reataram e apareceram juntos na festa que comemorava o 100º capítulo da novela "Em Família", em que Bruna era protagonista. Durante uma viagem dos dois a Ibiza, em agosto do mesmo ano, veio o fim (quase) definitivo. 

Em fevereiro de 2017, Bruna assumiu publicamente que os dois haviam retomado o namoro, em entrevista à TV Vogue. Os rumores de que eles estavam juntos novamente, no entanto, rolavam desde julho de 2016, durante as Olimpíadas no Rio. Em entrevista ao UOL, em agosto, ela desconversou e afirmou apenas que estava surpresa com a repercussão.

Na conversa reveladora com Matheus Mazzafera, a atriz afirmava que nunca havia idealizado um casamento ou um príncipe encantado.

"Eu sempre sonhei em ser mãe, mas não é para agora. E eu não planejo essas coisas de casamento. Eu acho que não é hora para isso. Sou muito jovem. Se tiver que acontecer, vai acontecer. Essas coisas não tem como planejar e idealizar, porque nunca será assim. Vai ter um momento que eu vou chegar lá, eu estou com uma pessoa que eu gosto. Mas agora não", declarou, na ocasião.

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!