Topo

Televisão

Cade Maju? "Sumiço" de moça do tempo do "Jornal Nacional" revolta público

Reprodução/TV Globo
Maria Júlia Coutinho em sua aparição mais recente no "Jornal Nacional", na última terça-feira (11) Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

13/07/2017 22h15

Quem assistiu ao "Jornal Nacional" nos últimos dois dias, além de ter se informado sobre a condenação de Lula na Operação Lava Jato e a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, sentiu falta de um dos quadros mais esperados do telejornal da Globo: a previsão do tempo com Maju.

O "sumiço" de Maria Júlia Coutinho do "JN" estranhou e preocupou os telespectadores. A última vez em que a carismática moça do tempo do deu boa noite a William Bonner e Renata Vasconcellos foi na última terça-feira (11).

Na ocasião, a previsão do tempo encerrou o "JN" e Renata disse "até amanhã" para Maju, mas a moça do tempo não retornou no dia seguinte.

Maju foi cortada em dois dias de noticiário quente no "JN": na quarta, quando Lula foi condenado a 9 anos e 6 meses em regime fechado pelo juiz Sergio Moro, e nesta quinta, quando a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados rejeitou relatório favorável à denúncia contra Temer.

Na quarta, aliás, a Globo alterou a programação às pressas e iniciou o "JN" 15 minutos antes do previsto, às 20h.

"Cadê Maju?", perguntaram telespectadores nas redes sociais, que também escreveram "Volta, Maju" e "Queremos a Maju de Volta", em protesto contra o "sumiço" da jornalista.

Antes de encerrar o telejornal desta quinta, Bonner avisou que a previsão do tempo estaria disponível no site da Globo, revoltando ainda mais o público. "Infelizmente nem todo mundo tem banda larga para ver Globo Play", escreveu um telespectador no Twitter.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!