Topo

Famosos

Prisão, inadimplência e outras ocorrências na vida do cantor Belo

Marcos Pinto/UOL
Prisão, inadimpência e outras ocorrências na vida do cantor Belo Imagem: Marcos Pinto/UOL

Do UOL, em São Paulo

03/10/2017 04h00

Seja por falta de pagamento ou a prisão por tráfico de drogas, as frequentes polêmicas já se tornaram corriqueiras na vida de Marcelo Pires Vieira, o Belo. 

Sucesso incontestável desde os tempos em que foi vocalista do grupo Soweto, Belo também acumula inúmeras confusões e brigas judiciais ao longo de sua carreira.

Na semana passada, por exemplo, o pagodeiro e marido de Gracyanne Barbosa voltou aos holofotes depois que a proprietária da casa em que mora em São Paulo o acusou por falta de pagamento. A dívida já teria passado dos R$ 500 mil. O processo corre na 33ª Vara Cível da capital paulista desde abril, mas Belo contesta os valores.

A seguir, o UOL selecionou cinco "BOs" envolvendo o nome do cantor.

BOs na vida de Belo

  • Reprodução

    Preso, condenado... e solto

    Gravações de conversas entre Belo e um traficante mostravam o bandido pedindo R$ 11 mil para a compra de "tecido fino". O cantor liberou o dinheiro e disse que queria um "tênis". Para a polícia, "tecido fino" é cocaína e "tênis", um fuzil AR-15. Belo foi preso em 2002 e depois, condenado por envolvimento com o tráfico. Cumpriu 4 dos 6 anos de prisão e teve a pena extinta pela Justiça em 2010.

  • Divulgação

    Na mira

    Em 2011, Belo voltou às páginas policiais devido a uma investigação da Polícia Federal, que apurava a atuação de uma máfia acusada de contrabando e lavagem de dinheiro. Ele e outros nomes importantes da música e do futebol eram suspeitos de comprar veículos de luxo, que serviam para a lavagem de dinheiro do bando.

  • Edson Lopes Jr./Folha Imagem

    "Pague o que deve"

    O ex-jogador Denílson havia comprado em 1999 os direitos do Soweto, do qual Belo era vocalista. Mas o cantor saiu da banda no ano seguinte para entrar em carreira solo, e Denílson levou o caso à Justiça acusando-o de quebra de contrato. Denílson cobrou a dívida de Belo através das redes sociais. O cantor não gostou, processou Denílson, mas teve o pedido por danos morais rejeitado pela Justiça.

  • Divulgação

    "Fora, Belo!"

    Depois de faltar a um dos shows e não dar explicações, Belo foi expulso do grupo "Gigantes do Samba", que além do pagodeiro, reunia também Luiz Carlos e Alexandre Pires. Em nota, a produtora responsável pelo projeto classificou a atitude do músico como "falta de compromisso".

  • Denilson Silva/AgNews

    Chamem o seu Barriga!

    Belo foi acusado de inadimplência pela proprietária da casa em que mora em São Paulo. A dívida já teria passado dos R$ 500 mil. O processo corre na 33ª Vara Cível de São Paulo desde abril e Belo contesta os valores. Revoltada, a proprietária Marcia Gomes disse que se sentia de mãos atadas e chamou o pagodeiro de "bandido". A defesa de Belo disse que acionará a Justiça pela ofensa.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!