Topo

Famosos

"Ser ator não era o sonho da minha vida", diz Caio Castro

Reprodução/MultiShow
Caio Castro participa do "Lady Night", de Tatá Werneck, no MultiShow Imagem: Reprodução/MultiShow

Colaboração para o UOL

17/10/2017 07h32

Caio Castro falou sobre o início da carreira no "Lady Night" de segunda-feira (16). O ator, que venceu um concurso do "Caldeirão do Huck" para entrar na temporada 2008 de "Malhação", disse a Tatá Werneck que atuar não era prioridade em sua vida.

"No processo seletivo [do concurso] foram três meses de teste. Aquilo me dava um pouco de pânico, mas não era o sonho da minha vida, não me preparei. Via os outros candidatos com anos de teatro e pensei: 'estou muito fora, o que estou fazendo aqui?' Levei porque queria fazer 'Malhação'", assume.

Aos 28 anos, ele comenta o título de galã ."O rótulo passa, ele vem de acordo com seu personagem atual. Durante muito tempo fiz o galã ou o mocinho que tinha duas namoradinhas. Quando fiz o Grego [em 'I Love Paraisópolis] ninguém me chamava de galã, era 'marginal', 'traficante'. O rótulo é momentâneo. Mas se me chamam e estou fazendo um, beleza".

Caio, que ficou nu no palco em uma das brincadeiras do programa, diz como lida com eventual preconceito de colegas. "Falam antes de me conhecer e quando me conhecem, é outra história".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!