Topo

Televisão

"Dava risada de quem ia para a TV", diz Marcos Mion

Divulgação/RedeTV!
Marcos Mion participa do talk show de Luciana Gimenez na RedeTV! Imagem: Divulgação/RedeTV!

Colaboração para o UOL

18/10/2017 08h13

Quem vê Marcos Mion à vontade no palco do "Legendários" ou lembra do apresentador nos tempos de MTV nem imagina que ele tinha resistência a ir para a televisão. No "Luciana By Night" de terça-feira (17), ele revelou que resistiu a ir para a TV - onde começou a aparecer no seriado "Sandy & Júnior", em 1999.

A minha função era falar o quanto a Sandy era maravilhosa. Até hoje acham que sou judeu por causa dessa personagem", recorda, dizendo como foi parar na atração. "Sou de teatro e bem revolucionário, era muito anti-televisão. Quando a produtora de elenco [da Globo] veio me chamar, eu fazia 'Sófocles', uma tragédia grega. Eu dava risada de quem ia para a TV, achava que vendia a arte", assume.

Quase 20 anos após a estreia, a amizade com os cantores permanece, garante. "Tenho contato com eles até hoje, continuam sendo meus amigos. Eles faziam um sucesso estrondoso, aprendi muito com os dois a lidar com esse meio que a gente vive".

Mion falou também do corpo sarado aos 38 anos. "Sempre achei muito legal, mas achava que era coisa de atleta. Conheci a Bella Falconi antes dessa explosão fitness e foi a grande motivação de eu ver que era possível. Foi minha saída do armário para me assumir fisiculturista". Mas quem pensa que ele adora exibir o corpo, se engana. "Eu não treino para mostrar a barriga, treino para mim".

O apresentador comentou ainda a descoberta do câncer de mama da mulher, Suzana Gullo. "A gente deu as mãos, desceu até o inferno e voltou vitorioso. Com a bênção de Deus, a página está virada", comemorou.

O casal tem três filhos."O que eu faço melhor é ser pai. Romeo é meu mais velho, está com 12 [anos] e é puro amor. Nunca estaria onde estou e seria quem sou se não tivesse sido escolhido por Deus para ser um dos milhares de pais de crianças que fazem parte do TEA (Transtorno do Espectro Austista)", diz Mion, que também é pai de Donatella, de 9 anos, e Stefano, de 7.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!