Topo

Televisão

Globo exibe erro grosseiro de português em campanha para telespectadores

Reprodução/TV Sergipe
A repórter Carla Suzanne, da TV Sergipe, afiliada da Globo, ensina os telespectadores a filmar com o celular na horizontal Imagem: Reprodução/TV Sergipe

Do UOL, em São Paulo

26/01/2018 15h16

A campanha "O Brasil que eu quero", exibida à exaustão pelos telejornais da Globo, parece que não é levada a sério nem dentro da própria TV. Nesta sexta-feira (26), a afiliada TV Sergipe cometeu um erro grosseiro de português durante a divulgação do projeto no "Bom Dia SE".

Na reportagem, a repórter Carla Suzanne ensina os telespectadores a gravar vídeos com o celular na horizontal, fala repetida por todos os jornalistas que participam da campanha. No final, a pergunta chave foi exibida com um erro crasso: a palavra "você" grafada com cedilha.

"Que Brasil voçê quer para o futuro?", perguntou a afiliada da Globo aos telespectadores, deixando escapar o erro de português no "Bom Dia SE". A falha grosseira passou batida até pelo apresentador do telejornal, Lyderwan Santos.

Na campanha, a Globo pede para os telespectadores responderem à pergunta em vídeo, segurando o celular na horizontal e em frente a um ponto turístico ou lugar bonito da cidade. Muitos telespectadores, porém, descumpriram a orientação da emissora e enviaram vídeos em lixões e rodovias esburacadas como protesto.

Segundo o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, a Globo convocou apresentadores e jornalistas "medalhões" para gravar vídeos respeitando as regras da campanha, já que os telespectadores não o fizeram.

Reprodução/TV Sergipe
Telejornal "Bom Dia SE", da Globo, exibe erro grosseiro de português em campanha Imagem: Reprodução/TV Sergipe

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!