Televisão

Torcida imita avião em jogo da Chapecoense e revolta repórter da Globo

Montagem/Reprodução/Instagram
O repórter Pedro Rocha, da Globo, se revoltou com a torcida do Nacional (URU) imitando aviões durante jogo contra a Chapecoense Imagem: Montagem/Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

01/02/2018 14h23

O repórter Pedro Rocha, que trabalha para a Globo em Santa Catarina, se revoltou com a provocação de torcedores do Nacional (URU) durante o jogo contra a Chapecoense pela Copa Libertadores da América, na última quarta (31). O jornalista se indignou ao ver uruguaios imitando aviões caindo em referência ao acidente com o voo do clube brasileiro, que deixou 71 pessoas mortas, em novembro de 2016.

"71 famílias ficaram desamparadas na maior tragédia da história do esporte. Famílias que ainda sofrem diariamente com isso. Mas o amigo uruguaio, pelo visto, acha engraçado", escreveu o repórter no Instagram.

Pedro Rocha também publicou vídeos dos torcedores do Nacional imitando aviões para provocar a Chape e marcou o perfil da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) para tomar uma atitude contra os uruguaios. A Chapecoense perdeu por 1 a 0 e decidirá na próxima quarta, em Montevidéu, a vaga para a fase de grupos da Libertadores.

"E o mais louco é que a torcida da Chapecoense recebe sempre bem os argentinos, uruguaios, colombianos que vêm de fora assistir aos jogos aqui, é sempre um clima muito amistoso. E na Arena Condá tudo remete a quem se foi no ano retrasado", desabafou o jornalista, que repudiou veementemente a imitação da torcida do Nacional.

"Eu acho que provocação tem limite, mas isso é uma opinião completamente minha. Esse não foi um caso isolado, muitos torcedores do Nacional estavam fazendo esse tipo de brincadeira. Brincadeira, né? Se isso é uma brincadeira que se faça", continuou Pedro Rocha na rede social.

O repórter concluiu lamentando o fim da solidariedade dos outros times com a Chape: "E aí toda aquela solidariedade do mundo inteiro abraçando a Chapecoense, vivendo essa dor, parece que ficou de lado um ano e dois meses depois. Aperta reset e começa o mundo de novo".

Com 25 anos, Pedro Rocha é filho de Fernando Rocha, apresentador do "Bem Estar". Formado em Jornalismo, ele trabalha em afiliadas desde 2014 e há um ano cobre a Chapecoense para a NSC, retransmissora da Globo em Santa Catarina, e para o canal pago Sportv.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
UOL Entretenimento
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Chico Barney
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo