Topo

Famosos

Naldo veta imprensa da gravação de DVD após barraco entre ex-mulheres

Reprodução/YouTube
Naldo Benny rebate sua ex-mulher Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

02/02/2018 21h08

O músico Naldo vetou a presença da imprensa para a cobertura da gravação do seu DVD, que será realizada na próxima segunda-feira (5). O anúncio foi feito por meio de comunicado divulgado pela assessoria do cantor.

"Em consequência dos últimos acontecimentos, o cantor Naldo Benny prefere cancelar a cobertura da gravação do DVD Live In Rio na próxima segunda-feira, dia 5 de fevereiro. Contamos com a compreensão de todos!", diz a nota.

O veto de Naldo acontece poucos dias depois em que as duas ex-mulheres, Branka Silva e Ellen Cardoso, também conhecida como Mulher Moranguinho, trocaram acusações ao vivo durante o "Superpop".

Na ocasião, Ellen afirmou que Branka mentiu sobre o relacionamento com o filho, Pablo Jorge, e afirmou que ela não teria interesse em vê-lo. Branka, por sua vez, disse que o filho se revoltou pelo fato dela ter dado declarações ao programa da RedeTV!, deixou de falar com ela e chegou até ameaçá-la, segundo Branka.

No Instagram, Pablo reagiu imediatamente, apoiou o pai e criticou a sua mãe, Branka, dizendo não considerar certo o que ela estava fazendo.

"Tô sofrendo muito mais pelo que a minha mãe tá fazendo. É injusto, é covardia. Ela tá denegrindo a nossa imagem, me ofendendo, ela falou que abandonei ela, mas ela não conta o que ela já fez, deixou de fazer com o filho. Ela não conta que no dia do meu aniversário ela presenteou outra pessoa com um carro. Ela só vai contar o que favorece ela. Eu não tô brigando ou reclamando dela dar carro para alguém, eu tô reclamando é da injustiça", desabafou o jovem.

Em seguida foi a vez de Naldo reagir através de um vídeo publicado no seu canal. Ele garantiu que Branka será processada após dizer nas redes sociais que Ellen era "prostituta", e acusou a ex de estelionato. 

"Em 2010, quando eu me separei, o que eu tinha de bem eram três apartamentos. Os três em Bonsucesso. Um até hoje é alugado e esse valor vai para o meu pai. E os outros dois eu dei para a mãe do meu filho, que na realidade era para ser do meu filho. Então, ela vai para a televisão dizer que não tem casa nem ajuda minha é, porque ela vendeu esses dois apartamentos. Um deles ela vendeu para duas pessoas. Tenho a prova aqui de um dos compradores que fez um registro na delegacia (acusando Branka) de estelionatária", disparou ele, mostrando documentos que ele garante que são a prova do que disse ele, contando que tem comprovantes de tudo que passou para a ex, incluindo dois carros e R$ 60 mil reais. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!