Topo

TV e Famosos

"Outro Lado do Paraíso" tem recorde de audiência com julgamento de pedófilo

Reprodução/TV Globo
Delegado Vinícius é condenado por pedofilia em "O Outro Lado do Paraíso" Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

21/02/2018 12h58

"O Outro Lado do Paraíso" bateu recorde de audiência na última terça-feira (20), com a exibição do julgamento de Vinícius (Flavio Tolezani), condenado e preso por pedofilia a Laura (Bella Piero). A novela das nove marcou 46 pontos na Grande São Paulo, segundo dados consolidados do Kantar Ibope.

O recorde anterior havia sido em 29 de janeiro, quando a trama de Walcyr Carrasco registrou 44 pontos. Durante o julgamento do delegado, 62% dos televisores ligados estavam sintonizados na Globo, outra marca inédita para a novela.

O recorde de "O Outro Lado do Paraíso" também é a maior audiência de uma novela das nove da Globo desde o último capítulo de "A Força do Querer", que marcou 50 pontos em 19 de outubro. Cada ponto equivale a 71,8 mil domicílios na Grande São Paulo.

No Rio de Janeiro, "O Outro Lado do Paraíso" também bateu seu próprio recorde e registrou 48 pontos (contra 46 nos dias 23 de janeiro e 19 de fevereiro).

Condenação por pedofilia

Na sequência, Vinícius foi chamado a falar durante o julgamento, mas se descontrolou e praticamente assume os crimes cometidos no passado. O delegado não imaginava que a acusação conseguiria reunir testemunhas tão relevantes.

"Desde que eu vi a Laura pela primeira vez, eu fiquei transtornado, absolutamente transtornado, não importava a idade. Até a minha mulher parar de trabalhar, eu tinha o que eu quis", disse ele, no julgamento, para a surpresa das pessoas presentes.

"Eu me aproveitei que eu era delegado. Podia fazer tudo. Morria de medo de mim. Até que a Laurinha resolveu se casar com esse médico imbecil. Aí eu perdi o controle, não aguentei, passei a ter ciúme. Ô, Laura, eu teria ido embora com você, sabia?! Eu sempre te quis", completou.

A condenação de Vinicius foi bastante comemorada por internautas nas redes sociais, e levou o nome da novela da Globo à lista de assuntos mais comentados no Twitter.

"Tive que rever as cenas de 'O Outro Lado Do Paraiso'. Que coisa mais triste. Ninguém merece passar pelo que aquela menina passou. O Vinicius foi preso, condenado e já está na cadeia, mas e quantos Vinicius do mundo real tão soltos por aí?", comentou Juliano, em post de reflexão sobre o assunto.

Ciente da repercussão --e do debate-- gerado pela história de Laura, a Globo colocou uma alerta para os telespectadores da novela, e com a seguinte mensagem: "Abuso sexual infantil é crime. Denuncie. Ligue 100. Disque Direitos Humanos".

"Não tem como defender o personagem"

Ao UOL, Flávio Tolezani contou que gravar a cena com Bella Pietro foi muito delicada, mas que a preparação entre eles foi cuidadosa e importante para a complexidade da trama.

"Tivemos uma preparação maravilhosa, tanto mental como corporal. Houve muito respeito e cuidado um pelo outro na hora de gravar. Estudamos vários caminhos possíveis de como trabalhar essa relação dos dois e de como seria o dia da da revelação. Foi um trabalho muito cuidadoso do autor e da direção. Para mim, é muito tenso as cenas quando a Bella está presente, é bem difícil, é uma carga muito pesada", avaliou.

"Não tem como defender o personagem. As coisas que aconteceram com a Laura provocam uma repulsa muito grande. Desde o início da novela, eu sabia que o personagem não era correto. O Vinícius vai tomar um rumo que não tem salvação", completou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos