Topo

Televisão

Datena comemora liberdade com novo programa: "Estava em prisão perpétua"

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

27/02/2018 14h28

José Luiz Datena se prepara para passar o comando do "Brasil Urgente" ao filho Joel Datena e estrear um novo programa aos domingos na Band.

Nesta terça-feira (27), no lançamento da nova programação da emissora, em São Paulo, o apresentador afirmou que já se sentia "em uma prisão perpétua" em relação à carreira em programas policiais.

"[Foi como] um habeas corpus do Gilmar Mendes [ministro do Supremo Tribunal Federal] para mim. Eu pensei que a minha carreira na televisão tinha virado prisão perpétua. Eu nunca mais ia sair desse raio de programa de polícia, para dizer a verdade. A Band resolveu me conceder esse alvará de soltura. Eu levei um azar desgraçado porque o cara que vai entrar no meu lugar é o meu filho. Eu avisei: 'Você vai se ferrar'. O problema é totalmente dele", brincou ele, que já está à frente do programa policial há 15 anos.

"Se pudessem analisar minha felicidade em sair de um programa policial... A Band queria fazer uma transição lenta, mas por mim, sairia hoje mesmo", completou. 

Segundo antecipou o colunista Flávio Ricco, do UOL, Datena apresentará um programa dominical, batizado pelo nome de "Agora é com Datena", no próximo dia 1º. A Band adquiriu os direitos do "Raid the Cage" ("Ataque à Gaiola"), formato israelense, mas já produzido em TVs de vários países, para transformar em quadro da nova atração. No game show, uma dupla de concorrentes se envolve num jogo de perguntas e desafios físicos com o objetivo de ganhar o maior número possível de prêmios.

A sua estreia na nova atração, porém, não fará com que ele deixe de imediato o comando do "Brasil Urgente".

"Pode ser neste ano ou no ano que vem", disse Guillermo Pendino, diretor artístico, que faz mistério e diz que tudo depende de uma série de questões que serão avaliadas pela emissora.

A partir de agora, Datena irá apresentar o "Brasil Urgente" em esquema de revezamento com Joel Datena, primogênito do jornalista --ele já apresenta o programa no lugar do pai aos sábados e feriados. 

(Assista ao vídeo: "Datena é o campeão das despedidas da TV", de Mauricio Stycer)

Vai concorrer com Silvio Santos e Faustão

No palco, Datena também disse não temer a concorrência com Silvio Santos, no SBT, e Faustão, na Globo. "Sou juvenil perto de alguns e um pouco mais experiente do que outros. Eu acho que eu não fico devendo muito a essas pessoas. Eu me preparei a vida inteira para fazer um programa desses. Eles vão ter concorrência à altura", declarou. 

"Estou muito feliz por ter praticamente encerrado minha carreira em programas policiais. Eu não aguentava mais falar das coisas que eu falo. Eu até daria um triplo mortal carpado para sair do programa de polícia", comemorou. 

Datena iniciou a sua carreira como repórter esportivo da EPTV, afiliada da TV Globo na região de Ribeirão Preto (SP). Em rede nacional, ficou conhecido como apresentador de programas policiais, com passagens por Record, Rede TV! e Band.

Reprodução/Band
Datena e Joel Datena já fazem revezamento no "Brasil Urgente", aos sábados e feriados Imagem: Reprodução/Band

"O meu filho está preparado"

Datena disse estar cansado de dar notícias de chuvas e violência, mas reconheceu o interesse do público nesse tipo de conteúdo.

"Não sei como as pessoas amam isso, de ver carro boiando, gente atravessando a rua... Não sei como os caras aguentam, mas aguentam. E dá audiência. Ontem estávamos em segundo lugar, dividindo com a Record", afirmou ele. 

O apresentador declarou não se importar com eventuais comparações com seu filho: "O meu filho está preparado para fazer. Não é porque é meu filho. É porque é muito bom. A Rosana [Saad] teve a ideia de colocar meu filho como apresentador. Eu nunca pedi. A Rosana teve essa ideia".