Topo

Novelas

Vilã de novela, Deborah Secco diz se inspirar em Carminha, Flora e Laura

João Cotta/TV Globo
Deborah Secco será vilã em "Segundo Sol" Imagem: João Cotta/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

09/03/2018 20h08

Vilã da próxima novela das nove da Globo, "Segundo Sol", prevista para maio, Deborah Secco afirmou que a sua personagem, Karola, será inspirada em outras malvadas históricas, como Carminha em "Avenida Brasil" (2012), Flora em "A Favorita" (2008), e Laura em "Celebridade" (2003). 

"Eu sempre me inspiro em amigas, em atrizes, que fizeram grandes trabalhos. Acho que não dá para deixar de citar a Adriana Esteves, que fez a Carminha [em 'Avenida Brasil', 2014], uma vilã que o Brasil inteiro ainda se lembra. Amo a Patrícia Pillar, quando fez a Flora, uma supervilã. E gosto da Claudia Abreu quando fez a Laura, em 'Celebridade'. Então super atrizes super talentosas, que a gente tenta chegar aos pés", afirmou ela, em entrevista à TV Bahia, nesta sexta-feira (9).

A história de "Segundo Sol" fala sobre o protagonismo que cada pessoa exerce em relação à sua própria história, e que todos podem buscar uma segunda chance, um segundo sol. As gravações estão sendo realizadas em Porto Seguro, no extremo sul da Bahia,

Em entrevista à coluna do Flávio Ricco, do UOL, João Emanuel Carneiro diz que a novela contará "a saga" de Luzia (Giovanna Antonelli), descrita como mulher simples e batalhadora que terá sua vida virada do avesso após se apaixonar por Beto Falcão (Emílio Dantas).

Ao longo da trama, ela percorrerá uma longa jornada para reescrever a própria história e reunir a família, despedaçada em decorrência de uma série de armações criadas por Karola (Deborah Secco), namorada de Beto, e Laureta (Adriana Esteves), figura poderosa da cena noturna de Salvador.

"A novela é um drama familiar, a luta dessa mulher para recompor sua família e sua vida. A grande força dessa história são os laços familiares e a chance que todos nós merecemos de começar de novo", afirmou Carneiro.