Topo

Coluna

Flávio Ricco

Bandidona: Deborah Secco será a grande vilã da próxima novela das 9

João Cotta/TV Globo
Esta é a primeira imagem da Karola, vivida por Deborah Secco, grande vilã de Segundo Sol, próxima novela das 21h na Globo Imagem: João Cotta/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

08/03/2018 00h05

Longe do principal horário de novelas na Globo desde “Insensato Coração”, em 2011, Deborah Secco começou a gravar na Bahia as suas primeiras cenas  de “Segundo Sol”, de João Emanuel Carneiro, substituta de “O Outro Lado do Paraíso”, a partir de 14 de maio.

Está aí a primeira imagem da atriz caracterizada como Karola, vilã da novela e a grande rival da mocinha, Luzia, vivida por Giovanna Antonelli. Será intensa, com direito a tudo, a briga das duas pelo protagonista Emílio Dantas.

A história vai falar sobre o protagonismo que cada pessoa exerce em relação à sua própria história, e que todos podem buscar uma segunda chance, um segundo sol.

De acordo com o autor, a novela contará “a saga” de Luzia (Giovanna Antonelli), descrita como mulher simples e batalhadora que terá sua vida virada do avesso após se apaixonar por Beto Falcão (Emílio Dantas).

Ao longo da trama, ela percorrerá uma longa jornada para reescrever a própria história e reunir a família, despedaçada em decorrência de uma série de armações criadas por Karola (Deborah Secco), namorada de Beto, e Laureta (Adriana Esteves), figura poderosa da cena noturna de Salvador.

“A novela é um drama familiar, a luta dessa mulher para recompor sua família e sua vida. A grande força dessa história são os laços familiares e a chance que todos nós merecemos de começar de novo”, finaliza Carneiro.

*Colaborou José Carlos Nery