Topo

Famosos

Ágata de "Avenida Brasil" passa no vestibular: "Realização de um sonho"

Arquivo pessoal
Karol Lannes com os pais Imagem: Arquivo pessoal

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

15/03/2018 04h00

Há cinco anos longe das novelas, Ana Karolina Lannes, que interpretou Ágata, filha de Carminha (Adriana Esteves) em "Avenida Brasil", se mudou para Campo Grande (MS). Aos 17 anos, a adolescente passou no vestibular para o curso de artes cênicas da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

"Essa conquista é a realização de um sonho. Eu sempre quis fazer artes cênicas e estudar fora do Brasil. Era isso que eu ia fazer se eu não tivesse passado na faculdade", diz ela, que adiou o plano de estudar em outro país.

Há cerca de um mês na capital do Mato Grosso do Sul, Karol explica que se adaptou sem dificuldade ao estilo de vida mais independente. Ela, que antes de se mudar vivia em São Paulo com os pais, mora em uma república que fica em frente à faculdade. "É tipo um pensionato, uma casa com mais umas quatro pessoas. É bem grande, temos cozinha própria e a adaptação está sendo ótima", conta.

A despedida

Arquivo pessoal
Karol Lannes com o pai Fabio antes de embarcar rumo à faculdade em Campo Grande (MS) Imagem: Arquivo pessoal
Criada pelo tio Fabio e o marido, João Paulo, desde os quatro anos de idade, quando perdeu a mãe, Ana Karolina Lannes diz que os pais se encheram de orgulho por sua conquista.

"A reação dos meus pais foi meio de não acreditar porque eu nunca fui uma boa aluna na escola. Eles ficaram surpresos e depois me ajudaram a resolver logo a situação para eu poder ir embora", lembra ela, que ganhou uma festa de despedida da melhor amiga.

O pai Fabio comemorou em suas redes sociais a vitória de Aninha, como ele a chama: "Uma nova etapa que se inicia, seja feliz na sua escolha, estaremos sempre aqui para te apoiar. Parabéns pela conquista!". 

Filha de Carminha na faculdade?

Reprodução/GShow
Karol Lannes era Ágata, filha de Carminha (Adriana Esteves), em "Avenida Brasil" Imagem: Reprodução/GShow
Mesmo após cinco anos, Karol diz que ainda é reconhecida pela personagem que sofria com a rejeição da mãe por ser gordinha na trama de João Emanuel Carneiro. Na faculdade não foi diferente. "Os alunos e funcionários me reconhecem da época da novela e gosto muito desse carinho. O meu maior aprendizado com a personagem foi o de aceitação porque ela era maltratada pela mãe e nunca deixou de ser quem ela era. Eu fico muito feliz pela oportunidade de ter tido a Ágata na minha vida", afirma.

A atriz estreou na TV como Sofia em “Duas Caras” com apenas 7 anos e participou de “Ciranda de Pedra” e “Tempos Modernos” até alcançar o auge aos 12 como  Ágata. Ela ainda deu vida a Marcelina, filha de Dona Hermínia na fase criança do filme “Minha Mãe é Uma Peça”, mas acabou sendo pega pela fase de transição da infância para a adolescência, período em que muitos atores mirins amargam anos fora do ar por falta de papéis para a idade.

Das negativas que recebeu para novos papéis, Anna diz que tirou uma lição. "Nós atores mirins passamos por aquela fase do patinho feio, que são quatro, cinco anos de vida que você não pode fazer [papéis de] criança e nem adulto. Eu fiz teste em 'Malhação', mas acabei não passando. Quantos 'nãos' a gente não escuta na vida, né? O importante é não desistir".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!