Topo

Famosos

Ana Paula, do "BBB18", se afasta de redes sociais após ataques de haters

Raquel Cunha/Globo
Ana Paula usa vestido longo com decotão e fenda na final do "BBB 18" Imagem: Raquel Cunha/Globo

Colaboração para o UOL

23/04/2018 16h02

Ana Paula, que ficou conhecida como a Bruxinha do "BBB 18", informou em seu Instagram nesta segunda-feira (23) que vai se afastar das redes sociais, após mensagens de haters. 

O aviso foi feito com uma imagem escrito "Luto pelo fim dos ataques de ódio" e contando que outra pessoa vai ficar responsável pelas redes sociais dela nesse período.

"A Ana Paula se afastará esta semana de suas redes sociais. Dedicará o tempo exclusivamente aos amigos, familiares e namorado. Logo logo ela voltará com sua natural alegria de sempre. Administrarei suas redes neste período. Muito obrigado a todas mensagens de carinho e apoio que foram direcionadas a ela. Rodrigo", dizia o comunicado.

Perseguição

Logo após o fim do "BBB 18", durante o programa "Rede BBB", apresentado por Fernanda Keulla e Vivian Amorim, Ana Paula falou dos comentários que fez sobre Gleici,  vencedora do reality, e que estava sendo perseguida por fãs da acreana.

"Hoje eu tenho problemas, eu não saio na rua sozinha por causa dos haters. Eu realmente não aguento mais esse tipo de ataque. São os fãs da Gleici que falam comigo todos os dias, eu não posso abrir minhas redes sociais", disse, esboçando vontade de chorar.

"Eu falei sim que ela era a típica mulher acreana. Se alguém falasse pra mim 'você é a típica mulher paulista', eu não me ofenderia. Ao meu ver, ela não é a típica mulher brasileira, se vocês jogarem no site de pesquisas, as mulheres que aparecem não são parecidas com a Gleici. Mas eu falei sim, não vi como xenofobia, como racismo, como nas minhas redes sociais está rolando até agora. Não saiu nenhuma palavra além dessa da minha boca, que no Acre tinha 60 Gleicis, que todas eram iguais", continuou a "bruxinha".

Ana Paula contou que teve problemas naquinta-feira (20), dia da final, no hotel em que todos estavam hospedados. "Sofri ataques de amigas da Gleici ontem no hotel, saíram vídeos delas falando que não era iguais, mas eu não entendi até agora qual foi o problema delas serem iguais a Gleici, se a Gleici é uma pessoa maravilhosa", questionou.

Jaqueline e Mahmoud rebateram, dizendo que foi a forma como a sister falou que provocou essa reação das pessoas. A biomédica disse que só por ser do norte já existe o preconceito.