Topo

Famosos

Gianecchini diz que Silvio de Abreu foi seu padrinho na TV: "Só viam galã"

Paulo Belote/Globo
Reynaldo Gianecchini Imagem: Paulo Belote/Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

19/05/2018 04h00

Reynaldo Gianecchini é grato a Silvio de Abreu pelas oportunidades em sua carreira. O ator, que estreou na TV em 2000 em "Laços de Família", interpretando Edu, par romântico da Helena vivida por Vera Fischer, diz que conseguiu outros papéis graças ao autor, que atualmente é diretor de dramaturgia da Globo. Em 2005, ele viveu o mecânico Pascoal em "Belíssima", seu primeiro personagem cômico.

"Sou eternamente agradecido ao Silvio. Depois ele me deu também um vilãozão. Ninguém pensava em muitas coisas além do galãzinho e ele ia lá e acreditava em mim. O Silvio eu considero meu grande padrinho", disse Giane no evento de divulgação da reprise de "Belíssima", na quarta (16) nos estúdios Globo.

Na época que recebeu o convite para atuar na novela, o ator estava estudando interpretação nos Estados Unidos.

"Lá estava brincando pela primeira vez de não ser galã porque estreei com essa coisa e fiquei 10 meses fazendo aulas onde ninguém me olhava como galã, até porque praticamente eu era o mais feio da turma. Me diverti muito lá e, por uma felicidade linda do destino, o Silvio me chama em seguida para fazer um personagem de comédia", recorda.

O ator estava com 33 anos na época e confessa que ficou inseguro e achou que não daria conta do recado.

"Achei ele louco de acreditar em mim porque eu nem sabia se podia fazer. Mas super  aceitei, claro, se o Silvio me chamar para servir cafezinho, vou aceitar sem ler a sinopse. Lembro que senti de perto o perigo porque na televisão você não tem muito tempo para criar, se preparar. Falei: 'Ou acabou minha carreira agora, nem 'Zorra Total' vai me querer, ou de repente abre um caminho novo aí'. De fato, abriu o caminho da comédia, comecei a receber um monte de convites", contou.

"Você é ótimo ator", disse Silvio de Abreu ao ouvir o reconhecimento de Reynaldo Gianecchini. O primeiro vilão do ator foi em "Passione" (2010), novela também de autoria do novelista. Com 18 anos de carreira na TV, Giane já atuou em 13 novelas, entre elas: "Esperança" (2002), "Sete Pecado" (2007), "Guerra dos Sexos" (2012) e "Verdades Secretas" (2015).

"Belíssima" volta ao ar no próximo dia 6 de junho, no Vale a Pena Ver de Novo.

Divulgação
Safira (Cláudia Raia) cai acidentalmente sobre Pascoal (Reynaldo Gianecchini) em cena de "Belíssima" Imagem: Divulgação

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!