Topo

Televisão

Expulso do "Power Couple", Diego diz: "Não agredi, não sou mentiroso"

Antonio Chahestian/Record TV
Diego e Franciele Grossi no "Programa do Porchat" Imagem: Antonio Chahestian/Record TV

Do UOL, em São Paulo

22/05/2018 01h20

Expulso do "Power Couple Brasil" ao lado da esposa Franciele, Diego Grossi falou sobre a polêmica na noite desta segunda-feira (22) no "Programa do Porchat". Diego e Franciele saíram do confinamento após o ex-BBB ameaçar agredir Anderson Felício durante um momento do "Power Couple" no qual as câmeras estavam desligadas. Anderson chamou o motorista da produção do programa de "baitola" e "viado", e afirmou em depoimento posterior que tudo se tratou de uma brincadeira.

Mesmo após confessar que seu comportamento "pavio curto" não ajudou em sua imagem no programa, Diego garantiu que jamais teve intenção de machucar Anderson. "Não teve brincadeira. As pessoas disseram isso porque ficaram com medo, já que ainda estão participando do programa. O Anderson estava claramente alterado. A história começou porque todos nós estávamos na van vendo um filme, e o Anderson encrencou com o motorista porque preferia ouvir música, disse que era 'filme de baitola'. Eu estava defendendo o motorista. Eu fui pra cima depois dele me atiçar, mas não tive nenhuma intenção de bater, senão teria atingido ele de verdade. Só quis dar um susto", garantiu Diego a Porchat.

"Não agredi ele em nenhum momento, eu não sou mentiroso. Nunca achei que isso fosse render expulsão, porque eu não agredi ninguém. Acho que fomos afastados por medo que algo pudesse rolar futuramente, não tenho como prever o futuro. Ele poderia ter continuado a me atiçar e eu a reagir", completou Diego.

Esposa de Grossi, Franciele garantiu que a trajetória do casal no programa foi estigmatizada pelo temperamento explosivo de ambos. "Acho que as pessoas pegaram o pior da gente, porque somos sinceros, falamos na cara".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!