Topo

Televisão

Em meio à Copa, Multishow exibe "Seu Barriga russo" que assedia donzela

Reprodução/Multishow
Edgar Vivar interpreta russo que assedia donzela em "Chapolin" Imagem: Reprodução/Multishow

Do UOL, em São Paulo

25/06/2018 14h13

No mês da Copa do Mundo na Rússia, o Multishow estreou no último domingo (24) o primeiro personagem russo de "Chapolin". O canal pago exibiu, pela primeira vez no Brasil, o episódio "Livrai-nos dos metidos, senhor", em que o ator Edgar Vivar (Sr. Barriga em "Chaves") interpreta o soviético Dimitri Panzov.

Como o Multishow segue a ordem cronológica da série mexicana, a exibição de uma história com vilão russo no mesmo período da Copa na Rússia foi uma coincidência até triste, porque a história central deste episódio de "Chapolin" é assédio contra uma mulher, tema infelizmente recorrente neste Mundial.

Reprodução/Multishow
Super Sam enfrenta o vilão soviético Dimitri Panzov Imagem: Reprodução/Multishow
No episódio, o russo assedia a donzela Maria Candelária (Florinda Meza) enquanto ela prepara massa para pastéis. Dimitri Panzov aparece de repente e diz que quer se casar com ela, que pede socorro ao Chapolin. Quem aparece, porém, é o Super Sam, herói norte-americano interpretado por Ramón Valdés, o Seu Madruga de "Chaves".

Gravado em 1973, auge da Guerra Fria, o episódio de "Chapolin" ironiza a disputa entre Estados Unidos e União Soviética pela soberania mundial.

Chapolin consegue salvar a donzela, mas na vida real as mulheres sofrem com o assédio masculino na Rússia. No último domingo, a repórter Júlia Guimarães, da Globo, repreendeu um torcedor que tentou beijá-la à força. Outros homens foram flagrados assediando no país-sede da Copa.