Topo

Novelas

Record tem hiato inédito de novelas e estica reprise e "Cidade Alerta"

Munir Chatack/TV Record
Arão (Petrônio Gontijo) e Moisés (Guilherme Winter) em "Os Dez Mandamentos" Imagem: Munir Chatack/TV Record

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

09/07/2018 04h00

Próxima novela da Record, "Jesus" estreia somente em 24 de julho, um mês após o fim de "Apocalipse". Nunca a emissora ficou tanto tempo sem tramas inéditas desde a retomada da teledramaturgia, em 2004 --desconsiderando a sequência de "Os Dez Mandamentos".

Para tapar o buraco nas novelas, a Record preencherá o horário com uma reprise e dois jornalísticos. O "Cidade Alerta", que terminava às 19h30, passou para 19h50 e agora vai até as 20h. A reapresentação de "Os Dez Mandamentos", que está na reta final terá 1h30 de exibição e acabará às 21h30, seguida pelo "Jornal da Record", que terá uma hora de duração.

A mudança na programação vale até 23 de julho, segunda-feira, véspera da estreia de "Jesus". Entre "Apocalipse" e a nova novela, a Record estreou a minissérie bíblica "Lia". Com 10 capítulos, não conseguiu ocupar todo o período e termina nesta segunda (9).

A solução foi parecida à encontrada pela Record para ter tempo de gravar a sequência de "Os Dez Mandamentos". Entre a primeira e a segunda temporadas, a emissora reprisou "José do Egito", "Rei Davi" e "Sansão e Dalila".

A Record planejava continuar emendando novelas, como fez em "Os Dez Mandamentos", "A Terra Prometida" e "O Rico e Lázaro", mas não contava com o fracasso de "Apocalipse", que registrou a audiência mais baixa entre as produções bíblicas (média de 8 pontos na Grande São Paulo).

O resultado decepcionante fez a Record enxugar 60 capítulos da história. Enquanto outras tramas ultrapassaram 240 --caso de "Os Dez Mandamentos"--, "Apocalipse" terminou com tamanho de novela das sete: 155 capítulos.

Nos bastidores, o clima pesou entre a autora, Vivian de Oliveira, e a supervisora Cristiane Cardoso, filha de Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e chefão da Record. As intervenções dela fizeram a novelista desistir de concluir a história e se afastar da novela.

A Record tentará esquecer "Apocalipse" com uma superprodução. "Jesus" teve cenas gravadas no Marrocos, em um polo cinematográfico onde já foram gravadas séries como "Game of Thrones".