Topo

Televisão

Arnaldo Cezar Coelho se aposenta, mas segue na Globo até dezembro

Reprodução / Instagram
Galvâo Bueno se despede, emocionado, do colega Arnaldo Cezar Coelho Imagem: Reprodução / Instagram

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

16/07/2018 12h28

Arnaldo Cezar Coelho emocionou o público na final da Copa do Mundo ao anunciar sua aposentadoria das transmissões da Globo, após 29 anos ao lado de Galvão Bueno. Entretanto, o ex-árbitro continuará como comentarista da emissora pelo menos até dezembro, e já tem data para voltar ao ar com o narrador esportivo.

Para quem se comoveu com a despedida de Arnaldo, mal dará tempo de sentir saudade. O comentarista de 75 anos voltará a dividir a cabine de transmissão com Galvão Bueno em 8 de agosto, no jogo entre Flamengo e Cruzeiro, no Maracanã.

A partida, válida pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América, também terá o ex-jogador Junior como comentarista. Ele se despediu do colega e lamentou o fim da parceria, mas Galvão o avisou que eles continuariam trabalhando juntos até o fim do ano.

"Ele pegou de surpresa muita gente quando, emocionado, falou que estava encerrando sua participação em comentários dos jogos. Perdi a parceria nas transmissões, mas o melhor é que a Graça, primeira-dama, Mariana e Dedé, os filhos, e principalmente o Caeté, o netinho amado, vão desfrutar da companhia dessa figura ímpar. Os ciclos acabam, amigo, mas a vida continua. Aproveite!", despediu-se Junior.

"Ele ainda fica conosco até o fim do ano, Maestro Léo. Dia 8 de agosto estaremos os três juntos no Maraca! Flamengo x Cruzeiro", avisou Galvão ao colega.

Despedida

Após a vitória da França sobre a Croácia por 4 a 2, Arnaldo disse no ar que irá se dedicar à família e aos seus negócios e que deixará as transmissões e a cansativa rotina de viagens.

"Eu tive minha fase como árbitro e cheguei a apitar uma final de Copa. Tive minha fase de comentarista. E preciso dizer que está chegando ao fim esta minha fase. Tenho novos projetos. A Globo está de portas abertas e sei disso. Mas quero descansar um pouco, é uma vida muito fatigante. Quero me dedicar à minha família e meus negócios."

Galvão usou um dos seus famosos bordões para brincar com o amigo. "Pode isso, Arnaldo? Pode, você pode tudo que você quiser", disse. Emocionado, o narrador agradeceu pelos 30 anos e 8 Copas de parceria e disse ter aprendido muito com o ex-árbitro. 

"Obrigado por esses 30 anos ao meu lado. Obrigado por tudo que me ensinou, pelos conselhos que me deu e pela amizade. Você tenha certeza de que abriu uma estrada nova, para uma nova profissão como ex-árbitro de futebol. Você é o grande Arnaldo Cezar Coelho."

Arnaldo Cezar Coelho apitou a final da Copa de 1982, entre Itália e Alemanha, e estreou na Globo como comentarista em 1989. Com Galvão, cobriu oito Mundiais, na Itália (1990), nos Estados Unidos (1994), na França (1998), na coreia do Sul e no Japão (2002), na Alemanha (2006), na África do Sul (2010), no Brasil (2014) e, neste ano, na Rússia.