PUBLICIDADE
Topo

Televisão

"Eu jamais mandaria nude, imagina a desgraça?", diz Maisa no "Bial"

Maisa participa do "Conversa com Bial", que vai ao ar nesta quinta-feira (6) - Fabio Rocha/Divulgação/TV Globo
Maisa participa do "Conversa com Bial", que vai ao ar nesta quinta-feira (6) Imagem: Fabio Rocha/Divulgação/TV Globo

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

03/09/2018 18h38

Maisa Silva falou dos perigos de se expor na internet e afirmou que jamais “mandaria nudes”, durante o “Conversa com Bial”, com o tema "Adolescência e Tecnologia". O UOL teve acesso a parte da entrevista, que vai ao ar nesta quinta-feira (6). 

“Eu jamais mandaria um nude, acho que também pelo fato de eu ter uma exposição muito grande. Imagina se um dia vaza uma imagem minha, a desgraça que não ia ser para minha vida?! Tem pedófilo, gente nojenta em todo lugar, é uma exposição que não quero para mim”, disse ela a Pedro Bial.

A atriz e apresentadora do SBT também lamentou o fato de que o assédio e o vazamento de fotos na internet tornou-se cada vez mais comum. 

“É mais normal do que parece. Parece de outro mundo, mas a partir do momento em que a pessoa recebe um conteúdo assim e mostra para outro amigo, enviando ou não, você está expondo. Então, eu sei de várias pessoas que chegam a mudar de escola, de cidade e até de sobrenome quando isso acontece”, afirmou.

Maisa Silva é barrada de entrar na Globo - Reprodução/Facebook/Conversa com Bial - Reprodução/Facebook/Conversa com Bial
Em chamada divertida do "Conversa com Bial", Maisa Silva é barrada por Silvio de entrar na Globo
Imagem: Reprodução/Facebook/Conversa com Bial

A atriz, que gravou na Globo na semana passada, foi autorizada pelo SBT para ir à concorrência. Além de Maisa, participaram do "Conversa com Bial" o pediatra Daniel Becker, a jornalista e escritora Brenda Fucuta e o diretor do filme “Ferrugem”, Aly Muritiba.

Em chamada divertida do programa, a atriz é barrada de entrar nos estúdios da Globo, e a "voz" do dono do SBT ecoa ao fundo. "Maisa, mas o que você está fazendo aí, Maisa? Não vai entrar, eu não vou deixar!", declara uma voz, que imita a do animador. Por fim, ele permite a entrada dela.

Segundo o SBT, a liberação de Maisa faz parte do bom relacionamento com a Globo, que também cede artistas para o Teleton, programa beneficente que arrecada dinheiro para a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente).

Maisa já visitou a emissora carioca em 2017, mas para gravar o "Lady Night", talk show de Tatá Werneck no canal pago Multishow.

Televisão