PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Moliterno diz que desistiu de processo contra Piovani: "Perda de tempo"

Casado com a mussa fitness Cristianne Rodriguez, Kadu Moliterno diz que não quer mais perder tempo na vida com nada - Marcos Ferreira/Brazil News
Casado com a mussa fitness Cristianne Rodriguez, Kadu Moliterno diz que não quer mais perder tempo na vida com nada Imagem: Marcos Ferreira/Brazil News

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

05/09/2018 04h00

Em abril do ano passado, Kadu Moliterno entrou na Justiça com um processo de danos morais contra Luana Piovani na 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, após a atriz afirmar, no YouTube, que ele batia em mulher e "mesmo assim, continuava trabalhando". Na época, ele pediu uma indenização de R$ 50 mil e, hoje, um ano e cinco meses depois, decepcionado com o andamento da ação, o ator revela que abriu mão de receber o dinheiro da colega de profissão.

"A Justiça no Brasil é muito esquisita. Tudo é muito lento e infrutífero e aí você briga, briga e briga e no final percebe o tempo perdido. Eu abri mão da indenização e não estou mais interessado. Se tem alguém que ainda quer alguma coisa, algum valor, esse alguém é o meu advogado e, com toda a justiça, porque trabalhou na causa. Eu, particularmente, não perco mais o meu tempo com essa disputa. Já foi. Não quero perder mais tempo na vida com nada", disse  Kadu Moliterno ao UOL durante uma premiação teatral na noite de segunda-feira (3).

Luana usou o seu canal no Youtube para falar sobre machismo e violência doméstica. Na ocasião, ela citou Kadu Moliterno  - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Luana usou o seu canal no Youtube para falar sobre machismo e violência doméstica. Na ocasião, ela citou Kadu Moliterno
Imagem: Reprodução/Instagram
Moliterno contou que chegou a comparecer em algumas audiências durante o processo, mas não encontrou Luana Piovani. "Nunca a encontrei na Justiça. Não tenho nem certeza se ela chegou a ir alguma audiência ou se até tentou um acordo ou uma conciliação. O processo continua? Continua e agora a decisão está nas mãos do juiz e o que ele decidir, está decidido. Só que eu não quero saber de nada", desabafou.

Ele jura não guardar mágoa de Luana. "O que ela falou não me aborrece mais. Passou."

Aos 66 anos, após 38 anos na Globo, Kadu foi dispensado em 2015 e passou dois anos na Record. Desde o início de 2018, o ator está sem trabalhar. Em outubro, ele entra para o elenco da peça teatral “Um Casamento Feliz” para uma temporada até o final do ano, no Rio.

A reportagem entrou em contato com o advogado Jonas Tadeu Nunes, que admitiu o desânimo do seu cliente. "Kadu está chateado não só com a lentidão, mas com uma conduta da ré, que até colocamos e alegamos nos autos, de total má-fé. Simplesmente, ela não comparece as audiências [segundo o advogado foram três] porque sabe que é uma ação que não dá prisão, não há uma consequência mais grave, a não ser a execução nas contas bancárias. Acredito que saia a sentença nos próximos dias", explicou.

O advogado está otimista. "Não sei se vai ser mesmo R$ 50 mil. Provavelmente deve ser uma condenação por um valor menor, mas, caso contrário, nós vamos recorrer."

"Não tenho nada a declarar. Esse processo está com a Justiça e temos que aguardar a decisão", comentou o advogado de Luana Piovani, Marcelo Quintanilha Salomão.

Procurada pela reportagem a assessoria de Luana Piovani informou que a atriz irá se posicionar no momento certo.

Entenda o caso

No início de abril do ano passado, Luana usou o seu canal no YouTube para falar sobre machismo e violência doméstica. Na ocasião, ela citou o ator Kadu Moliterno afirmando que o colega de profissão havia agredido a mulher e "continuava trabalhando, fazendo novelas e posando com as novas namoradas nas revistas de celebridades".

"Kadu  Moliterno, que já foi meu par, bateu na esposa, ela foi capa da revista 'Veja' com a manchete: 'Não foi a primeira vez' e não soube de condenação.",criticou ela.

Luana referia-se à briga entre ele e a então mulher, Ingrid Saldanha, que estampou o noticiário em 2006. 

Na época, por meio de sua assessoria de imprensa, Kadu classificou a atitude de Luana como "desnecessária e desprovida de legitimidade". 

Famosos