Topo

Televisão

"Caiu nos meus braços e não fiz nada", lamenta treinador de Graça Araújo

Reprodução/Instagram/pedropersonaltrainer
Pedro Henrique, personal trainer de Graça Araújo, lamenta morte de apresentadora do SBT Imagem: Reprodução/Instagram/pedropersonaltrainer

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

08/09/2018 16h49

Personal trainer de Graça Araújo, apresentadora do SBT no Recife, Pedro Henrique publicou um depoimento emocionante sobre a morte da jornalista, neste sábado (8). O profissional, que acompanhou os exercícios da aluna durante seis anos, presenciou o momento em que ela sofreu um derrame cerebral na academia. Ele lamenta não ter podido fazer nada quando Graça caiu desacordada em seus braços.

"Foram seis anos. Onde pude ter muito mais que uma aluna. Uma amiga, uma confidente, uma conselheira, uma mulher realmente com um caráter uma uma honestidade incomparável. Aprendi demais com você", elogiou Pedro Henrique no Instagram.

De acordo com informações da TV Jornal, Graça Araújo sentiu-se mal e perdeu a consciência enquanto treinava em uma academia na zona sul do Recife. A jornalista recebeu os primeiros socorros no local e foi levada ao hospital pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

"Para mim, vai ser muito difícil sentar para tomar o nosso cafezinho das 17 horas e não ver você chegar. Vai ser difícil tomar meus vinhos que você me ensinou e não me lembrar de você, de chegar na academia e não me lembrar de você, de passar na frente dos restaurantes de que você gostava e não me lembrar de você. Ainda vejo você caindo nos meus braços na academia e não poder ter feito nada", recordou.

"Vou levar sempre tudo que aprendi com você, e tenho a plena certeza de que tudo o que você queria era me ver feliz. Amo você, minha eterna amiga Graça Araújo. Que o nosso Deus te receba com os braços abertos. Tenho a total certeza de que o céu está em festa para te receber", concluiu o personal trainer.

Apresentadora da TV Jornal, afiliada do SBT no Recife, Graça Araújo morreu aos 62 anos após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). A informação foi confirmada ao UOL pelo Hospital Esperança, onde a jornalista estava internada em estado considerado gravíssimo desde quinta-feira.

"A Direção médica do Hospital Esperança Recife informa o falecimento da jornalista Graça Araújo às 12h55 de hoje, ocasionada por um AVC hemorrágico extenso", informou o boletim. "A pedido da família, com o objetivo de preservar este momento, não haverá pronunciamento da equipe médica que acompanhou a paciente", completou a assessoria do hospital.

Graça Araújo era uma das jornalistas mais respeitadas de Pernambuco. A apresentadora entrou na TV Jornal em 1990 e participou da criação do telejornal que comanda há 26 anos. Em suas redes sociais, ela mostrava sua rotina de exercícios e provas --já disputou maratonas e Corrida de São Silvestre, em São Paulo.

Repercussão

Reprodução/Instagram
A jornalista Graça Araújo Imagem: Reprodução/Instagram
O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, publicou uma nota de pesar pela morte de Graça Araújo.

"Com a morte de Graça Araújo, a imprensa pernambucana perde uma profissional dedicada, trabalhadora, com grande sensibilidade social e amor pelo que fazia. Graça nos deixou muito cedo, prova disso é o carinho e o respeito demonstrados nos últimos dias por seus colegas e admiradores. Quero expressar minha solidariedade cristã aos seus familiares", diz a nota.

A TV Jornal exibiu, na noite deste sábado, uma edição especial do programa "O Povo na TV", apresentado por Ciro Bezerra, em homenagem à colega. Mais cedo, a afiliada do SBT e a Globo interromperam a programação para informar a morte de Graça Araújo.

Jornalistas pernambucanos de outras emissoras repercutiram a morte de Graça Araújo. A direção do Hospital Esperança confirmou a morte da nossa querida Graça Araújo. Muito triste. Vai fazer falta!", lamentou Beatriz Castro, repórter do "Jornal Nacional".

A apresentadora Clarissa Góes, da Globo, agradeceu pelos ensinamentos na profissão: "Gratidão pelo seu caráter, pelo seu jornalismo, pela inspiração, pela oportunidade de ter aprendido com você. O jornalismo pernambucano está mais triste, hoje. E por mais algum (bom) tempo, certamente. Mas, eternamente grato a você, Graça".

Isly Viana, da TV Clube (Record local), chamou Graça Araújo de "mestra": "É assim que a gente vai lembrar de você: um mulherão! Na carreira, na coerência, nas opiniões, na beleza, na vida! Que honra ter sido sua 'cria'! Ainda bem que já lhe disse, em vida, toda a gratidão que tenho por você e por tudo o que você me ensinou! Descanse em paz, mestra e amiga! Vamos sentir sua falta!".

O repórter Bruno Fontes, da Globo, escreveu que Graça Araújo foi "uma grande mulher". Hugo Esteves, apresentador do "Balanço Geral PE" na Record e concorrente da jornalista do SBT no mesmo horário, publicou uma foto com a seguinte legenda: "Sem palavras".

Uma grande mulher!

Uma publicação compartilhada por Bruno Fontes (@brunofontes_tvglobo)

em

Sem palavras.

Uma publicação compartilhada por @ hugoesteves10

em

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!