PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Atriz de "Malhação" desabafa após aborto e revela tentativa de suicídio

Maria Gabrielli Machado desabafa após sofrer aborto - Reprodução/Instagram/mariagabriellimachado
Maria Gabrielli Machado desabafa após sofrer aborto Imagem: Reprodução/Instagram/mariagabriellimachado

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

21/09/2018 15h03

Maria Gabrielli Machado, irmã do jogador Fernandinho, desabafou três semanas após sofrer um aborto espontâneo. Em sua rede social, a atriz de 22 anos, que participou da novela "Malhação - Viva a Diferença", disse enfrentar depressão desde antes da primeira gravidez e revelou uma tentativa de suicídio.

"Antes de engravidar dele, eu sofria com problemas psicológicos, que foram desencadeados por uma série de coisas e um trauma sério em particular [...] Encontrei conforto nos meus estudos, me entupia de atividades afim de anestesiar a dor que eu sentia, mas não adiantou, porque logo comecei a sofrer com ansiedade, que evoluiu para depressão, que acabou me levando à tentativa de suicídio, tudo isso em silêncio, pois foi escolha minha lidar sozinha", revelou Maria Gabrielli no Instagram.

A atriz contou ter decidido sair da casa dos pais e se mudar para o Rio de Janeiro para, além de estudar teatro, buscar tratamento psicológico, mas ela alegou agenda apertada e suspendeu o auxílio médico para tratar as crises de ansiedade, pânico e depressão. Após participar de "Malhação", ela noivou e engravidou "em um momento extremamente complicado".

Ultrassom de Maria Gabrielli Machado mostrou pela primeira vez o filho que esperava - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Ultrassom de Maria Gabrielli Machado mostrou pela primeira vez o filho que esperava
Imagem: Reprodução/Instagram
"Quando soube que o coraçãozinho dele tinha parado, meu mundo caiu e eu perdi o sentido. A Gabrielli perdida e doente de anos atrás voltou. Os mesmos sentimentos, os mesmos pensamentos, porém intensificados, porque antes eu nunca havia questionado Deus e dessa vez eu o fiz. Praguejei, gritei, implorei, odiei e então entendi. Deus me mostrou que a missão do meu filho [...] foi me unir a mim, cuidar de mim e olhar para mim [...] Foi só com a morte dele que eu percebi o quão ruim estava a minha situação", prosseguiu.

Maria Gabrielli pediu ajuda à mãe e decidiu compartilhar sua situação a seus seguidores: "Meu filho foi meu anjinho que me libertou da prisão horrível que era minha mente e me ensinou a lutar pela minha vida. Depressão é coisa séria, pensamento suicida não é fraqueza, transtorno de ansiedade não é frescura e são coisas que não podemos adiar".

Uma publicação compartilhada por Maria Gabrielli Machado (@mariagabriellimachado)

em

Famosos