PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Ex-Pânico Carlinhos "Mendigo" nega que tenha fugido após mandado de prisão

Carlinhos "Mendigo" concedeu entrevista ao programa "Câmera Record" - Reprodução/Record
Carlinhos "Mendigo" concedeu entrevista ao programa "Câmera Record" Imagem: Reprodução/Record

Gilvan Marques e Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

03/10/2018 19h11

O humorista Carlos Alberto da Silva, conhecido como Carlinhos “Mendigo”, ex-integrante do “Pânico”, teve sua prisão decretada por falta de pagamento da pensão alimentícia de seu filho, Arthur, de sete anos, fruto de seu relacionamento com a ex-assistente de palco Aline Hauck. A dívida gira em torno dos R$ 400 mil, segundo apurou UOL.

À reportagem, por telefone, Carlinhos  negou, no entanto, que tenha fugido depois que o mandado foi expedido na última segunda-feira (1).

“Saiu o mandado de prisão e eles correram para a porta da academia, onde eu treino. Dois minutos antes, eu saí do local, e disseram que eu havia fugido. Que absurdo, que humilhação. Mas eles não podem [me prender] até porque eu nem recebi o mandado”, diz o comediante, que não pode ser preso até a semana que vem devido à Lei que proíbe eleitores de serem presos, apenas em casos especiais

Por causa da dívida que se acumula desde 2013, Carlinhos teve um apartamento penhorado pela Justiça a pedido da ex-namorada --o valor do imóvel não foi divulgado.

"Não tem acordo com a pessoa. Ela quer me ver na lama, me humilhar. Ela quer tirar a minha cobertura. Pode tirar. Eu não estou negando nada. Eu quero ver o meu filho. Quer fazer acordo? Vamos fazer. Mas não querem. Não tem coração, não tem sentimento, não tem noção do absurdo e do ridículo. Prender o pai do próprio filho?! Armar uma armadilha onde os caras vão à academia. Como eu vou fugir, sem saber que eu vou ser preso?!”, questiona ele.

O humorista reafirma o amor que sente pelo filho, mesmo diante de todo o imbróglio jurídico.

“Eu nunca vou negar pão ao meu filho (...) Eu sempre paguei, mas não vi nada, não vi datas de aniversários, Dia dos Pais, Ano-Novo... Eu tenho que reconquistar o meu filho a cada vez que vejo”, afirma. “Você acha que eu não vou procurar o meu filho? Todos que me conhecem sabe o amor que eu sinto pelo meu filho. O meu filho me fez aprender tudo o que eu sou hoje. E esse acesso foi negado. O direito adquirido foi tirado [de mim]. E até quando você quer sair do Morumbi e ir até o Mandaqui, na zona norte, chegar lá e o porteiro dizer que ‘ela [a mãe] não está’?. Até quando você vai querer ser feito de palhaço?”, conclui, revoltado.

Advogada da ex se manifesta

O UOL também ouviu a advogada de Aline, Fabiana Polito, que fez sérias acusações contra o comediante.

“O Carlos desde 2013 não cumpre com o dever. A criança tem 7 anos, ele pagou muito pouco tempo de pensão. Ele vem pagando desde 2013 o pagamento parcial, que não é nem 20% do valor dos alimentos. Tanto é que já temos outros processos que já estão em fase de penhora”, conta Fabiana, citando o caso do imóvel do humorista, que já foi penhorado pela Justiça.

Segundo a doutora, Aline não está com condições de arcar sozinha com os valores necessários para o bem-estar do filho.

“A Aline está fora da televisão há muito tempo, ela tem se desdobrado para sustentar o menino, não é fácil. Ela tem dependido da ajuda de familiares para pagar escola, convênio médico. Não é justo a mãe assumir com essa obrigação sozinha”.

Em entrevista ao programa “Câmera Record”, Carlinhos argumentou que não pagaria mais a pensão ao filho pois estava sendo impedido de ver o menino, além de não ter mais possibilidade de financeiras de pagar. Ambos os argumentos são rechaçados pela advogada.

“Essa foi a argumentação que ele encontrou para justificar, porque quando você vai para os fatos isso não existe. Ele não exerce porque ele realmente não quer. A decisão é dele, ele não procura, ele não liga para o menino”, relata ela.

De acordo com Fabiana, o ex-Pânico ainda ameaçou a ex-namorada: “Quando nós conseguimos definitivamente a penhora do imóvel, que em pouco tempo já vai a leilão, ele disse que ia à imprensa. Ele mandou mensagem pra ela: ‘Vou pra imprensa e vou contar pros holofotes’. Foi isso que ele fez. Essa foi uma medida justa, se não fosse a juíza não teria determinado a prisão”.

Famosos