PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Ex-"Pânico" consegue liminar que impede prisão por dívida de pensão

Carlinhos "Mendigo", ex-humorista do "Pânico"   - Reprodução/Record
Carlinhos "Mendigo", ex-humorista do "Pânico" Imagem: Reprodução/Record

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

21/10/2018 18h27

O humorista Carlos Alberto da Silva, conhecido como Carlinhos “Mendigo”, ex-integrante do “Pânico”, se diz "aliviado" depois de conseguir uma liminar na Justiça que impede a sua prisão. Ele é acusado de não pagar a pensão alimentícia de seu filho, Arthur, de 7 anos, fruto de seu relacionamento com a ex-assistente de palco Aline Hauck. A dívida gira em torno dos R$ 400 mil, segundo o UOL apurou.

Carlinhos teve sua prisão decretada no início de outubro, mas conseguiu uma liminar na última sexta (19) que impede a execução do mandado.

"O desembargador entendeu as minhas verdades, já que eu tinha todos os comprovantes do pagamento de pensão, de presentes que eu dei para ela. Ele entendeu para o meu bem e para o bem do meu filho que a prisão não seria bacana. Conseguimos a revogação da prisão", disse o comediante ao UOL. "É um milagre! Estava esperando a decisão deles para me entregar ou não. Agora estou mais aliviado".

Por causa da dívida que se acumula desde 2013, Carlinhos teve um apartamento penhorado pela Justiça a pedido da ex-namorada --o valor do imóvel não foi divulgado.

"Não tem acordo com a pessoa. Ela quer me ver na lama, me humilhar. Ela quer tirar a minha cobertura. Pode tirar. Eu quero ver o meu filho. Quer fazer acordo? Vamos fazer, mas não querem. A pessoa não tem coração, não tem sentimento, não tem noção do absurdo e do ridículo. Prender o pai do próprio filho?”, questiona ele.

O humorista nega que tenha faltado com o filho e afirma que o imbróglio judicial, que se arrasta há anos, tem prejudicado a sua relação com Arthur.

“Eu nunca vou negar pão ao meu filho, sempre paguei, mas não vi nada. Não vi aniversários, Dia dos Pais, Ano Novo... Eu tenho que reconquistar meu filho a cada vez que o vejo”, afirma. “Todos que me conhecem sabem o amor que eu sinto pelo meu filho. Ele me fez aprender tudo o que eu sou hoje e esse acesso foi negado."

"Aline não pode arcar sozinha", diz advogada

A advogada de Aline Hauck, Fabiana Polito, disse que Carlinhos vem pagando o valor parcial da pensão.

“O Carlos desde 2013 não cumpre com o dever. A criança tem 7 anos, ele pagou muito pouco tempo de pensão. Ele vem pagando um valor parcial, que não é nem 20% dos alimentos. Tanto é que já temos outros processos que já estão em fase de penhora”, afirma a advogada, citando o caso do imóvel do humorista, já penhorado pela Justiça.

Segundo a representante, Aline não está em condições de arcar sozinha com os valores necessários para o bem-estar do filho.

“A Aline está fora da televisão há muito tempo, ela tem se desdobrado para sustentar o menino, não é fácil. Ela tem dependido da ajuda de familiares para pagar escola, convênio médico. Não é justo a mãe assumir essa obrigação sozinha”.

Famosos