PUBLICIDADE
Topo

A Fazenda 10

"Eu não tenho pena, eu admiro", diz Evandro Santo sobre Catia Paganote

Evandro Santo conversa com Rafael Ilha sobre Catia Paganote - Reprodução/PlayPlus
Evandro Santo conversa com Rafael Ilha sobre Catia Paganote Imagem: Reprodução/PlayPlus

Manoela Ferreira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/10/2018 00h56

Na noite desta quarta-feira (24), após Rafael Ilha afirmar que não será estratégico nesta semana, Evandro Santo pediu para o colega de confinamento tentar se identificar mais com Catia Paganote. O ex-Polegar disse para o humorista não sentir pena da peoa e Evandro respondeu: "Eu não tenho pena, eu admiro".

"Não deixe de valorizar no jogo a Catia, porque ela é uma boa. Não tô falando pra você pôr ela, você vai ter que contar com aliados. Eu vou ser bem honesto, entre ganhadores para ir para a final, eu pensei várias coisas. Você é um cara que você é pai, você se mata pelos seus filhos, você sabe. O que eu vejo na Catia, desespero", afirmou o mineiro.

Rafael discordou da fala de Evandro: "Não, não fale nem isso porque o que acontece, do jeito que você tá falando, você associa desespero à pena. E você não deve ter pena de ninguém, é uma coisa muito feia você ter pena". "Eu não tenho pena, eu admiro ela", rebateu o humorista.

"Então, mas do jeito que você tá falando não pega legal, você tem que se preocupar. É você ter uma preocupação com a pessoa, já falei exatamente isso pra ela: 'Você é mãe, eu sou pai'. Então é uma outra pegada, a gente precisa né? Todos que estão aqui precisam, alguns mais, outros menos", continuou o músico.

Ele ainda comparou as prioridades dos peões em relação ao prêmio: "Uns pra pagar a escola do filho, outros para poder dar pro filho uma casa que ainda não tem, enquanto outros querem um milhão e meio pra ir pro Havaí, pra comprar em roupa, pra comprar um carro bacana, pra comprar um apê não sei aonde, então são valores completamente diferentes. Eu expliquei isso pra ela, mas falei: 'No Sertanejo eu confio, em você não'".

A Fazenda 10