Topo

Famosos

Mulher de Liminha diz que ele é vítima de piadinhas após paralisia facial

Reprodução/Instagram
Liminha ao lado da mulher, Fernanda Fiuza Imagem: Reprodução/Instagram

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

01/11/2018 04h00

A dentista Fernanda Fiuza mudou seu foco nos últimos dias para ajudar o marido, o assistente de palco do SBT, Liminha, de 53 anos. Ele passou mal durante a gravação do "Programa Silvio Santos", no último dia 9, foi levado para o hospital às pressas e ficou internado com suspeita de AVC (Acidente Vascular Cerebral) até ser diagnosticado com Paralisia de Bell.

"Ele está se recuperando. É difícil se adaptar a falar diferente, comer diferente. O sorriso não é o mesmo e ainda ele tem que ouvir piadinhas e apelidos. É uma rotina bastante desgastante, são vários profissionais envolvidos para reverter a sequela da paralisia facial", contou ela ao UOL.

Unidos contra a doença, Liminha e Fernanda criaram um canal no WhatsApp para trocar informações com outras pessoas que também sofrem com o mesmo problema e estão empolgados com um novo projeto.

"Mexe com o psicológico, autoestima e vários fatores... Criamos o projeto Sorriso Bello da Paralisia de Bell e um grupo de WhatsApp, com intuito para trocarmos experiências, indicações de profissionais. Muitos fazem tratamentos com eletrochoque causando um agravamento no quadro. No grupo, um sempre ajuda o outro a voltar a sorrir, principalmente naqueles dias em que bate o desespero de ver a carinha torta", contou a dentista.

Eles querem inclusive expandir a ideia: "Pensamos em, a longo prazo, ter um espaço gratuito que possa receber pacientes de paralisia facial com vários profissionais voluntários que já até temos".

Alguns famosos se solidarizaram com a campanha e aceitaram o desafio para publicar fotos com a boca torta nas redes sociais. Foi através de algumas brincadeiras de colegas, que Liminha e a mulher lançaram a campanha #meiabocaliminha nas redes sociais.

Ticiane Pinheiro, Helô Pinheiro, Otávio Mesquita e o apresentador Luís Ricardo foram alguns dos artistas que aderiram.

O prazo para que Liminha reverta essa paralisia é de até seis meses. "Ele tem acompanhamento com fonoaudiólogo, oftalmologista, fisioterapeuta, psicólogo, dentista e fazemos procedimentos a laser. No projeto, ajudamos a dar o encaminhamento e o atendimento gratuito para fazer o laser, que é muito importante."

Silvio Santos, segundo ela, foi bastante atencioso e ficou preocupado com a saúde do seu assistente de palco.

"No dia da alta, o Silvio conversou comigo, perguntou como estava, se estava bem para trabalhar. Mostrou preocupação e carinho. As filhas também, Patrícia pediu aplausos, Rebeca e todas também apoiaram no projeto colocando no Instagram", comemora.

Mesmo contrariando a recomendação médica, Liminha voltou a trabalhar no mesmo dia que recebeu alta e ainda brincou que Silvio Santos estava atrasado.  A mulher parabenizou a postura do marido e disse que ele fez questão de retornar ao batente mesmo com as sequelas da paralisia facial.

"Meu canguru voltou... Graças a Deus! Liminha saiu do hospital e já foi direto gravar. Ele está superfeliz e com muita saúde! Obrigada a todos, de coração, pelo carinho!", escreveu Fernanda, que elogiou o dono do SBT pela preocupação com Liminha, seu funcionário há 39 anos.