PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Linzmeyer, Pillar, Pitanga e mais famosas criticam postura de Silvio Santos

Silvio Santos recusa abraço solicitado por Claudia Leite - Reprodução/SBT
Silvio Santos recusa abraço solicitado por Claudia Leite Imagem: Reprodução/SBT

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

12/11/2018 15h59

Bruna Linzmeyer, Isis Valverde, Camila Pitanga, Patricia Pillar e Deborah Secco foram algumas das famosas que reavivaram a campanha Mexeu com uma, mexeu com todas no Instagram, nesta segunda-feira (12)

Elas compartilharam o mesmo post para criticar a postura de Silvio Santos no palco do "Teleton" de sábado (12) com Claudia Leitte. O dono do SBT se recusou a cumprimentar cantora dizendo que "esse negócio de abraço me deixa excitado".

cantora admitiu que ficou constrangida com o que ouviu e usou o palco do "Encontro", matinal da Globo, para fazer um discurso sobre responsabilidade com as palavras, que pareciam um recado ao dono do SBT.

Em abril do ano passado, a campanha movimentou as redes, em protesto contra o assédio e em apoio à figurinista Susllem Tonani, que fez uma denúncia contra o ator José Mayer.

Procurada pelo UOL, a assessoria do SBT disse que não irá se pronunciar sobre o assunto.

"Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabe como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisa. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato disso estar na TV, onde ele se sentiu confortável de fazer isso na frente da sua mulher e filha, só desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente", publicaram as artistas nas redes sociais.

Nathalia Dill disse que ficou muito triste ao ver o vídeo de Claudia Leitte com Silvio Santos. "Tudo bem que o Silvio Santos é o cúmulo do retrocesso, é inacreditável que um homem com tamanha popularidade ainda não tenha adquirido uma consciência social. No entanto, ele não é um homem isolado no nosso tempo. Como ele, existem muitos outros", escreveu.

A atriz concluiu que independente da classe social, o despreparo para lidar com o machismo ainda é muito grande e disse que se identificou com o constrangimento da cantora no palco.

"Temos que estar seguras dos nossos direitos e ter uma resposta na ponta da língua quando sentirmos que algo está fora do lugar. Não dá mais tempo para sermos reféns, temos que nos colocar imediatamente. Merecemos respeito e se o clima pesar, que o assediador fique constrangido, não a vítima".

Samara Felippo fez um texto mais direto sobre o comportamento machista do apresentador. "Não consegui ver todo o vídeo da Claudia Leitte no 'Teleton'. Me dá asco. Foi uma das coisas mais constrangedoras que ela deve ter passado na vida. O que mais me dói são mulheres talentosas, seguras e incríveis muitas vezes serem vítimas de opressores como Silvio Santos. Isso precisa parar", escreveu.

"Cresci sentada na sala da minha casa assistindo Silvio Santos exercer elegantemente seu machismo e racismo travestido em forma de piada. Cresci assistindo os 'Domingos Legais' com suas 'banheiras' e chacretes molhadas e nuas nos queijos", completou.

Entenda a polêmica

Silvio Santos causou polêmica nas redes sociais ao recusar um abraço solicitado por Claudia Leitte durante a campanha do Teleton. Ao se justificar, ele disse que ficaria excitado. A cantora ainda tentou se minimizar a situação, mas sem sucesso.

"Você quis dizer excitado de euforia, de entusiasmo, né?!", falou ela. "Não, excitado é de excitado mesmo", reafirmou Silvio. Nesse momento, Iris Abravanel, mulher do apresentador, apareceu no vídeo sorrindo com a situação embaraçosa.

Silvio Santos fez várias observações sobre Claudia Leitte, principalmente no que diz respeito à mudança no estilo de se vestir. Ela se apresentou no programa usando um vestido rosa.

"O que aconteceu? Você perdeu o marido, o namorado? Eu nunca tinha te visto de pernas de fora. Alguma coisa certamente aconteceu", avaliou o empresário. "Acho que a gente fica mais segura com o passar do tempo", respondeu Claudia Leitte.

Nas redes sociais, muitos internautas reclamaram do tratamento dado por Silvio a Claudia Leitte, e o acusou até mesmo de "objetificação da mulher".

Essa revista ”Do Homem” é de 1978, ano em que nasci. E nada mudou! Por favor leiam com calma as manchetes. Não incomoda a você mulher? Não consegui ver todo o vídeo da @claudialeitte no Teleton. Me dá asco. Foi uma das coisas mais constrangedoras que ela deve ter passado na vida. O que mais me dói são mulheres talentosas, seguras e incríveis muitas vezes serem vítimas de opressores como Silvio Santos. Isso precisa parar. Cresci sentada na sala da minha casa assistindo Silvio Santos exercer elegantemente seu machismo e racismo travestido em forma de piada. Cresci assistindo os “Domingos Legais” com suas “banheiras” e chacretes molhadas e nuas nos queijos. Cresci vendo o corpo da mulher ser oprimido, sexualizado e culpado ao mesmo tempo. Que loucura. Também assisti a outras emissoras claro, não existia Netflix Por isso, até hoje foco no trabalho de desconstruir o que isso reverberou dentro de mim enquanto menina e mulher! Claudia poderia ter ali esfregado na cara daquele senhor o machismo desenfreado, mas foi elegante e meiga. Tentou de forma “amigável” e respeitosa se esquivar. Enquanto era assistida pela filha dele, esposa (que pareciam incrédulas ou não) e por uma platéia inteira feminina que ria, talvez de nervoso ou talvez por ser um “costume”. A naturalização que se tornou a opressão e a cultura ao estupro em forma de “piada” me assusta, sim. Me assusta muito. Sao anos de feministas lutando, conquistando, buscando espaço e respeito pra novas gerações e esse senhor, junto com seus discípulos continuarem em TV aberta nos fazendo sentir culpadas pela roupa que usamos e por sermos estupradas. Vou repetir pela enésima vez e nunca me cansarei, CHEGA!!! Essa revista, assim como Silvio Santos e tantos outros “ícones” da mídia só cultuam o que há de pior na relação Mulher x Sociedade. Enquanto isso existir índices de estupro e desigualdade só tendem a aumentar no nosso país. Machismo jamais será piada!!! #estamostodxascomvocêClaudia #nãopassarão #chegadeassedio #mexeucomumamexeucomtodas

Uma publicação compartilhada por Samara Felippo (@sfelippo)

em

Fiquei muito triste com esse vídeo da @claudialeitte Porquê que uma mulher poderosa como ela, ainda fica desnorteada com o machismo? Tudo bem que o Silvio Santos é o cúmulo do retrocesso, é inacreditável que um homem com tamanha popularidade ainda não tenha adquirido uma consciência social. No entanto, ele não é um homem isolado no nosso tempo. Como ele, existem muitos outros. Porquê nós mulheres ainda não conseguimos reagir ao machismo à altura!? Durante o vídeo, em um breve momento de força, ela consegue dizer que o marido dela ficaria chateado com aquela situação. Porquê ela não pode dizer que ela mesma não quer tolerar mais as idiotices ele pragueja. A conclusão que chego é que, independente da classe social, o despreparo para lidar com o machismo ainda é muito grande. Digo isso, porque me identifiquei, lembrei de todos os constrangimentos que passei e que não soube lidar, que fui pega de surpresa e não estava preparada. Ao meu ver, a única forma de nos prepararmos é ter muito claro, dentro da gente, o que é tolerável e o que não é. Temos que estar seguras dos nossos direitos e ter uma resposta na ponta da língua quando sentirmos que algo está fora do lugar. Não dá mais tempo para sermos reféns, temos que nos colocar imediatamente. Merecemos respeito e se o clima pesar, que o assediador fique constrangido, não a vítima. #machistasnaopassarao #roupanaoeconvite #chegadeassedio

Uma publicação compartilhada por Nathalia Dill (@nathaliadill)

em

Famosos