PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Em desabafo, Fernanda Lima pede união de mulheres após agressões

Fernanda Lima apresenta o programa "Amor & Sexo" - Reprodução/TV Globo
Fernanda Lima apresenta o programa "Amor & Sexo" Imagem: Reprodução/TV Globo

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

11/12/2018 21h25

Fernanda Lima, apresentadora de "Amor & Sexo", da Globo, pediu a união das mulheres após denunciarem qualquer tipo de agressão, durante desabafo feito através do Instagram, nesta terça-feira (11).

"Quando uma mulher rompe o silêncio e denuncia uma agressão, a primeira reação desse sistema de opressão é questionar a vítima e nunca o agressor. Por isso, precisamos segurar a mão uma das outras e nos apoiar. Juntas, vamos denunciar, exigir justiça e assim sabotar as engrenagens do sistema de opressão machista e misógino", escreveu ela.

Em novembro, a própria Fernanda Lima foi vítima de uma agressão na internet: o sertanejo Eduardo Costa não gostou de um discurso seu contra o conservadorismo no "Amor & Sexo" e, através das redes sociais, a chamou de "imbecil". Em dezembro, o cantor se desculpou com a apresentadora através de um vídeo gravado para o programa "Conversa com Bial".

O problema é que Fernanda Lima não aceitou o pedido de desculpas feito por Eduardo Costa, e entrou com duas ações (uma na área cível e outra na criminal).

Uma das ações corre na 24ª Vara Cível do Rio de Janeiro. A apresentadora pede indenização por danos morais e direito de imagem. A primeira audiência deve acontecer no próximo dia 19 de dezembro.

Procurada pelo UOL, a assessoria do cantor disse que "o departamento jurídico está ciente do processo e tomando as devidas providências", mas afirmou que o sertanejo "não vai comentar o assunto". A assessoria de Fernanda Lima também optou por não se manifestar.

TV e Famosos