Topo

Famosos


Gretchen comemora Thammy como vereador e critica ministra: "Justiça divina"

Reprodução/Instagram
Gretchen e Thammy Miranda Imagem: Reprodução/Instagram

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

2019-01-03T19:07:55

03/01/2019 19h07

Gretchen comemorou a chegada do filho, Thammy Miranda, à Câmara Municipal de São Paulo. Ele será vereador na vaga de Conte Lopes (PP), eleito deputado estadual.

A cantora aproveitou para criticar o governo de Jair Bolsonaro e a ministra Damares Alves, que em vídeo disse que "menino veste azul e menina veste rosa". A declaração da chefe da pasta Mulher, Família e Direitos Humanos foi ironizada por outros famosos.

"Em um governo onde tiram os direitos dos LGBTs e dizem que 'menina veste rosa e menino veste azul', vem a justiça divina e coloca você nessa cadeira para ser a voz de quem precisa", escreveu Gretchen em seu Facebook. No Twitter, ela complementou: "Deus não dorme".

Gretchen citou a retirada de direitos dos LGBTs em referência à MP 870, a primeira medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, sobre políticas de Direitos Humanos. O texto não cita a comunidade gay, como constava anteriormente, fato criticado por parte da população.

Em entrevista ao UOL, Sergio Queirós, Secretário Nacional da Proteção Global, órgão que englobará a questão LGBT, disse que ela "terá a mesma estrutura do governo anterior. Nenhum direito da comunidade será suprimido".