Topo

Famosos


Prefeito pretende homenagear Boechat nas ruas de São Paulo

Amauri Nehn/Brazil News
O prefeito Bruno Covas (à direita) presta solidariedade à família de Boechat no velório do jornalista Imagem: Amauri Nehn/Brazil News

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

2019-02-12T09:46:16

12/02/2019 09h46

O prefeito Bruno Covas disse nesta terça-feira (12), ao chegar para o velório de Ricardo Boechat, que pretende realizar uma homenagem ao jornalista em local um público da cidade de São Paulo.

"Vamos buscar um espaço para homenageá-lo na cidade de São Paulo para que a gente possa mostrar o exemplo que ele era para as futuras gerações. Vamos consultar a família para ver se eles aceitam esta homenagem", disse.

Ricardo Boechat, do Grupo Bandeirantes, morreu aos 66 anos em um acidente de helicóptero na Rodovia Anhanguera, em São Paulo. A informação foi confirmada ao vivo, na Band, pelo apresentador José Luiz Datena. O piloto, Ronaldo Quattrucci, que tentava fazer um pouso de emergência quando a aeronave foi atingida por um caminhão, também morreu no acidente.

Covas falou da importância de Boechat: "Era uma grande referência não apenas ao jornalismo, mas para todos nós. É uma perda para a democracia. Ele colocava o dedo na ferida e apontava os erros a serem corrigidos".

A mulher do jornalista, Veruska Seibel, chegou à cerimônia, realizada no Museu da Imagem e do Som (MIS),  em São Paulo, acompanhada pelas duas filhas: Valentina, 12, e Catarina, 10. Quem também estava com ela foi Dona Mercedes, mãe de Boechat. "Obrigada pela força", declarou Veruska aos jornalistas.

"Eu quero falar que meu marido era o ateu que praticava o mandamento mais importante, que era do amor ao próximo. Nunca vi alguém se preocupar a ajudar tanto todo mundo. Agora ele é nosso anjinho. Que Deus me ajude com as nossas filhas. Minha ficha ainda não caiu", acrescentou ela, emocionada.