Topo

Famosos


Produtora que levou bronca de Boechat lamenta: "Não consigo acreditar"

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

12/02/2019 09h15

Letícia Valente Kuratomi, produtora da rádio Band News FM que levou uma bronca ao vivo do âncora Ricardo Boechat na última sexta-feira (9), usou as redes sociais para lamentar a morte do jornalista.

"Ainda não consigo acreditar. Não pode ser que não vai ter mais sms, ligação, e-mail, briga, bronca, risada. É inacreditável que você não vai aparecer amanhã às 7h. Não consigo acreditar", escreveu ela.

Na última sexta, durante a transmissão das últimas informações sobre o incêndio que atingiu o centro de treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro, ele não disfarçou a irritação por um equívoco de sua equipe.

O jornalista anunciava que falaria ao vivo com um oficial do Corpo de Bombeiros quando foi interrompido. Nesse momento, Boechat reclamou: "Por que botaram [o papel com o nome do entrevistado] na minha mão, então? Toma! Vou devolver esse papel e vocês quando puderem me acionar adequadamente, me acionem".

Na sequência, com o microfone desligado, o apresentador começou a gritar e a gesticular demonstrando sua indignação no estúdio. O momento foi visto por quem acompanhava o programa pela internet. Nas redes sociais, o temperamento explosivo de Boechat chamou atenção. 

Procurado pelo UOL na ocasião, Boechat explicou que havia cobrado de sua equipe que encontrasse alguém do Corpo de Bombeiros para entrar ao vivo na rádio no lugar do bombeiro que era entrevistado naquele momento e que, segundo ele, não estava passando informações que ele julgasse relevantes.

Ricardo Boechat, do Grupo Bandeirantes, morreu aos 66 anos em um acidente de helicóptero, na Rodovia Anhanguera, em São Paulo. O piloto Ronaldo Quattrucci, que tentava fazer um pouso de emergência quando a aeronave colidiu com um caminhão, também morreu no acidente.